Kusturica & TNSBO

A celebração está marcada para dia 21 de Novembro no Coliseu de Lisboa.

Kusturica & The No Smoking Orchestra sobem de novo ao palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a 21 de Novembro, desta vez para promover o novo disco e dvd “Life is Miracle in Buenos Aires”. Esta é uma boa oportunidade para comprovar uma irresistível concentração de folk-punk-cigano com influências das mais diferentes culturas europeias.

O realizador Emir Kusturica nasceu a 24 de Novembro de 1954 em Sarajevo, ex-Jugoslávia (actualmente Bósnia-Herzegovina). É o único filho de um homem que, como muitos Jugoslavos, abraçou a ideologia comunista quando Tito ascendeu ao poder. Aos 18 anos, os pais mandaram-no para a famosa FAMU (a escola de Praga onde estudou, por exemplo, Milos Forman) para estudar cinema. As primeiras curtas-metragens foram muito elogiadas pelos professores. A partir desse momento, Kusturica apercebeu-se de que os filmes seriam o seu testemunho e o seu legado para a posteridade.

Mas a música também era uma paixão e em 1986 entrou na banda Zabranjeno Pusenje como baixista. A banda cigana de technorock foi criada em 1980 em Sarajevo por Nele Karadjic. Tornou-se a mais significativa expressão musical de uma corrente chamada New Primitivism, um movimento cultural de resistência criado nos anos de transição pós-Tito. Imediatamente causou polémica, tendo sido alvo de censura por parte das autoridades jugoslavas.

Em 1994, durante os conflitos, a banda teve de se reformular. Foi nessa altura que o filho de Emir (Stribor) entrou na banda como baterista e o grupo passou a chamar-se The No Smoking Orchestra (a tradução inglesa de Zabranjeno Pusenje). Parte dos membros do grupo mantém o nome antigo e têm uma carreira paralela. Em 1998, o colectivo compõe a banda sonora de “Black Cat, White Cat”. Depois da digressão “Side effects”, no Verão de 1999, e da sua actuação no Festival de Veneza, além de inúmeras participações como convidados em programas de televisão, em 2000 a banda compõe “Unza unza time”. Em 2004 lança “Life is a miracle”.

Novamente em Portugal, Kusturica promete fazer no Coliseu uma grande festa. O ritmo contagiante fará certamente o público saltar, cantar e aplaudir. A não perder!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This