Fundação EDP apresenta: La Chienne, uma performance de Alice Joana Gonçalves

LA CHIENNE NA FUNDAÇÃO EDP: UMA PERFORMANCE DE ALICE JOANA GONÇALVES

A Fundação EDP apresenta La Chienne, uma performance de Alice Joana Gonçalves inserida na exposição “Afinidades Electivas – Julião Sarmento Coleccionador”

La Chienne é uma performance criada em 2013, que agora encontra o seu momento ideal de exibição. Conta a história de uma mulher que vive da espera, da passagem do tempo, e dessa mesma velocidade que confere a paisagem onde se reflecte: ela vem gatinhando, sente-se observada… são os voyeurs. La Chienne exibe a sua fragilidade porque não conhece outro caminho para a sedução a não ser através da entrega absoluta.

Uma interpretação única para ver dia 5 de Dezembro, às 18h, no Museu da Electricidade. A entrada é livre, e sem marcação prévia, numa sala com lotação máxima para 40 pessoas. O espectáculo tem a duração de 40 minutos e é para maiores de 18 anos.

Antes da performance, às 17h, haverá uma visita guiada à exposição “Afinidades Electivas – Julião Sarmento Coleccionador” com o curador Delfim Sardo. Esta exposição estará patente até ao próximo dia 3 de Janeiro de 2016.

Sobre Alice Joana Gonçalves:

Alice Joana Gonçalves nasceu em Portugal em 1986. É bailarina, coreógrafa e performer. O seu trabalho tem sido, gradualmente, habitado com a presença do corpo, usando-o como um instrumento, transformando-o e remodelando-lo, de acordo com seus próprios desejos e necessidades. É o seu corpo o seu primeiro e primordial material de trabalho, a obra de arte, fragmentado, tanto no tempo como no espaço. A consciência da fragilidade, a tensão imanente e a percepção do tempo são elementos que ajudam a definir o seu trabalho. Tem colaborado regularmente com Julião Sarmento.

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This