Liness

Mochos, rapazes e três raparigas...

A Liness é uma das mais recentes marcas de roupa norte-americanas que a ruadebaixo tem o prazer de apresentar. Resultado da multiplicidade de experiências que três pessoas já reuniam no mundo da moda, tem vindo a impor-se lentamente devido à simplicidade das suas colecções, aliada a um design cuidado e atraente.

Deanne Cheuk é a mentora da grife. Ilustradora e designer, tem no seu currículo trabalhos para clientes como a Tokion Magazine ou a Urban Outfitters, uma colecção que apelida de “Mushroom Girls” e dirige a revista Neomu. Além disso, já assinou linhas de roupa para a Levi Strauss Japan, Abahouse, 2K, Unifa e FATAIM, bem como peças únicas para a Oki-Ni, M-One-11, SoftCore, and Tsubi.

A Deanne juntou-se Rilla Alexander, do colectivo de design e ilustração Rinzen, cujo trabalho já foi exposto no Zero Gate de Tóquio ou no Louvre. A equipa completa-se com Yasmin Majidi, que também trabalha para a casa Belford, ao mesmo tempo que mantém a sua própria marca, a Hym Opera.

As primeiras colecções lançadas pela Liness partem de dois conceitos, e nomes, muito simples – BoyLiness e OwLiness – que, tal como a designação indica, baseiam-se uma, em rapazes e todas as obsessões e rituais que as raparigas têm com eles, outra, basicamente em mochos.

OwLiness nasceu a partir das velhas histórias britânicas que são invadidas pelo misterioso animal. Daqui saltam para camisolas de algodão, em formas geométricas espalhadas com estrelas. As artistas pegaram em camisolas antigas e usadas um pouco acima do aceitável e aliaram o conforto que esse tipo de roupa proporciona a design apelativo. Este mesmo princípio ditou a criação da BoyLiness. Na verdade, o que as criadoras queriam mesmo eram pegar nos aspectos que as fazem usar determinado tipo de roupa e aplicá-los em t-shirts e tops de mulher.

Pormenor interessante é o facto de toda a colecção ter sido idealizada, concebida e desenvolvida através da… Internet, uma vez que cada uma delas trabalha em partes do Mundo diferentes e torna-se impossível conjugar horários e pontos de encontro.

O resultado deste trabalho ainda não está à venda em Portugal, mas pode ser adquirido através do site oficial.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This