rdb_langeriedement_header

Lingerie Dement

3..2..1.. Action!

Gritos, gemidos. Os minutos passam e a criança pode acordar. Numa viagem de avião é melhor que ninguém ouça, até porque 10 minutos dentro de uma caixa 30×20 a alguns milhares de pés de solo terrestre, começam a chamar algumas atenções. Collants e saltos altos atrapalham o caminho de quem não tem tempo a perder, quando se trata de um provador de roupa numa loja de fast-fashion qualquer. Não queremos saber de elásticos, nem de fechos e muito menos de colchetes.

Rasgar lingerie num súbito arrombo de paixão pode-se tornar num acto contagiante, viciante e coberto de adrenalina. Na teoria, porque na prática a coisa pode-se tornar bastante chata, visto que teremos de comprar cuequinhas e soutiens a cada cinco dias. Vamo-nos lá controlar minha gente, que com a crise que para aqui anda não nos podemos dar a este luxo. E outra coisa, ficar sem aquelas peças lindas – e caríssimas – que tanto amamos e até em alguns dos casos coleccionamos, não é assim tão boa ideia. Rapazes sejam compreensivos.

Para facilitar a vida dos casais animados – ou apaixonados – e das mulheres e homens cheios de energia e sem tempo a perder, a marca parisiense Lingerie Dement e a ex-figurinista francesa Laetitia Schlumberger, têm a solução: lingerie electromagnética.

Não, o sexo feminino não será submetido a radiação ultravioleta nem a compressões radioactivas. Vá lá, sejamos práticos e realistas. Lingerie Dement com um simples truque de magia trocou os colchetes pré-históricos por imãs. Isso mesmo, pequenos e quase invisíveis imãs que colocam a roupa íntima nos sítios certos.

Um processo aparentemente forte o suficiente para suportar o stress e os movimentos bruscos durante o dia. E para quem continua a querer sempre algo mais simples e veloz então pois que arranque, que dispa sem qualquer incomodo. Este avanço na tecnologia promete satisfazer mulheres, homens e relações calorosas sem danificar a mercadoria. A partir de 50€ em lojas seleccionadas – França, Estados Unidos da América e online – encontre o seu oásis no deserto.

Outro dos grandes problemas de longa data do sexo feminino e masculino passava pelo deficiente manuseamento destas peças, que na hora H se tornavam incómodas e em alguns casos desesperantes.
Lidar com colchetes e ganchos no caso das senhoras pode trazer ainda outro tipo de desconforto acrescido – agora sim – na hora de vestir. Pica, puxa, arranca … nada prático por vezes. Não é por acaso que a compra do soutien perfeito é tantas vezes uma busca incessante. É preciso técnica e conhecimentos exaustivos de campo, fiquem a saber. Vendo bem, que método mais rudimentar.

E a sensualidade masculina que é completamente derrubada quando aquele sedutor atrapalhado ainda luta para desabotoar o soutien da sua senhora com apenas uma mão? Fascinante!

Bem, independentemente da motivação moral, sexual, arquitectónica ou prática desta construção, Lingerie Dement parece ter conquistado ambos os públicos e pode já ser considerada a substituta maioritária dos ganchos, colchetes, velcros, fechos, e muitas das velhas soluções padrão.

É uma casa francesa com certeza e como qualquer boa linha de lingerie que se preze, o site é totalmente en français. Oui Oui. Mas para quem não percebe, não se faça de rogado, pois as imagens são bastante ilustrativas do que aqui se tenta vender: drapeados, rendas, transparências, nudes .. e uma imaginação fértil que começa a fazer contas de cabeça de quanto tempo demorará uma destas delicadas peças para sair num simples puxão.

Bem-vindo à fantasia de todos os pirralhos de 13 anos, ao alívio da mulher de 30 e ao conforto do homem de 45.

As nossas condolências aos ganchos e aos fechos.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This