banner

Lisboa Electronica 2018|Antevisão

O festival irá decorrer nos próximos dias 4, 5, 6 e 7 de Abril, entre a LX Factory e o Ministerium.

Portugal sempre foi um país de brandos costumes, facto que também se reflecte nos tipos de música que têm maior ou menor audiência.

Os tempos, felizmente, são outros. As mentalidades e abertura do povo português têm vindo a mudar, e nesta fase de aceleração de uma mudança de norma — que se tem vindo a verificar ao longos dos anos na cena Techno e House — Lisboa começa a ter nomes nos seus cartazes de música electrónica, que até há relativamente pouco tempo teriam pouca audiência por cá, não pela falta de qualidade, mas por não se enquadrarem no registo que as maiorias deste nosso cantinho ouviam.

A ajudar à mudança de paradigma da música electrónica de dança que por cá se ouve, a 2ª edição do Lisboa Electronica traz-nos nomes — e o showcase das consequentes labels— como Legowelt, Serge (Clone Records) Baby Ford (Trelik), Actress, Helena Hauff (Discwerks), Nina Kraviz, Deniro (трип), Oscar Mulero, Tensal (Pole Group), Vera, Alexandra (Melliflow) ou S. Moreira (Slow Life).

Por entre os internacionais, vão actuar nomes nacionais, que têm ajudado a desenvolver o nosso panorama de Techno e House, como João Maria (Assemble Music/Ministerium Records), Vil, Temudo (Hayes Collective) Jorge Caiado (Carpet & Snares), Gonçalo (Helena Records), Tiago —enquanto Luz Retina— (Interzona 13) ou Zé Salvador.

4 palcos – 29 labels – 66 artistas

O evento não se cinge à música, contando também com palestras, conferências e workshops, essenciais à partilha de conhecimento e fomentação do diálogo em torno da música electrónica.

Também de destacar a lógica de inovação e funcionalidade ao tratar-se de um evento cashless, sendo apenas permitidos pagamentos através do carregamento de uma pulseira (para os mais amigos da tecnologia, o carregamento poderá ser feito através de uma app, sem ser preciso sair da pista de dança, ou interromper aquele momento zen). O impacto ambiental também é levado em conta pelos organizadores, adoptando um sistema de copos reutilizáveis que permite reduzir até 80% do lixo produzido.

O festival terá lugar no Lx Factory e no Ministerium Club, 4/5/6 e 7 de Abril e os passes de 3 dias e bilhetes diários podem ser adquiridos em WWW.LISBOAELECTRONICA.COM e nos locais habituais.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This