rdb_conversemarimekko_header

Marimekko + Converse – Joint Venture 2011

Os padrões nórdicos aterram nos emblemáticos modelos da Converse - Chuck Taylor All Star High e Ox, nos Jack Purcell Helen e nos Chuck Taylor All Star PJ.

Marimekko, a conhecida empresa finlandesa de tecidos que faz agora 60 anos, estabeleceu uma parceria com a Converse, os americanos dos nossos All Star nos anos 80 e princípios de 90. Estes ténis nostálgicos, nem sempre fáceis de usar em todas as ocasiões, têm uma história de moda e podem estar associados às culturas urbanas, jovens e mais cool. De qualquer forma, fomos habituados a ver nos All Star um calçado necessário mais para uma sensação de aprovação, integração e afirmação de estilo do que para qualquer prática desportiva; mesmo que originalmente tenham sido criados para o basquetebol, que ganhava uma popularidade cada vez maior nas primeiras décadas do séc. XX, nos Estados Unidos. Recentemente, a Converse entrou em contacto com os finlandeses da Marimekko em mais uma missão para alcançar uma nova relevância. Depois de todas as remisturas possíveis e imaginárias dos modelos Chuck Taylor All Star, agora a associação é com o espírito de serenidade de Helsínquia, de onde reconhecemos, por exemplo, o trabalho único de Alvaar Alto, arquitecto e designer.

A Rua de Baixo falou com Tiina Alahuhta-Kasko, responsável pela imagem da Marimekko nos estúdios de Helsínquia, e ficou a saber que “pela localização da Finlândia, a linguagem de design da Marimekko adoptou influências tanto do estilo escandinavo como do estilo eslavo. Alguns dos nossos designs são simples e clean enquanto outros são mais ricos e decorativos”. Os padrões abstractos, gráficos da marca finlandesa reflectem o que o mundo da moda está a pedir neste momento: “depois destes tempos financeiramente turbulentos, eu acredito que as pessoas estão agora à procura de uma injecção de positivismo e energia, seja em forma de cores e padrões na roupa ou até mesmo na maneira como decoram as suas casa”, diz-nos Tiina Alahuhta-Kasko, acresentando que “as fontes de inspiração dos nossos designers são a natureza, alguns através das suas viagens. Mas sobretudo a inspiração chega da vida do dia-a-dia”. Os padrões usados nos ténis que são lançados neste momento, incluem o Tarha de 1963 e o Pikkusuomu de 1965 de Annika Rimala, e o Kirppu de 1980 por Maija e Kristina Isola.

Segundo Minna Kemmel-Kutvonen – directora criativa da Marimekko – a colaboração é enriquecedora: “Estamos muito excitados com a parceria com uma empresa tão admirada como a Converse, esta ligação junta duas marcas que têm ambas um idioma distinto e uma herança única. As duas companhias sempre calcaram o seu próprio caminho, mas também partilham a mesma aproximação à vida, despretensiosa e alegre”. Os preços destas peças resultantes da junção de forças da Marimekko e da Converse, variam entre os €87,95 e os €79,95, os ténis dirigem-se apenas ao público feminino não havendo para já, informação de modelos masculinos na calha nem sequer de outras colaborações similares, “somos muito selectivos nas nossas parcerias”!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This