Mario Party 10

Mario Party 10 | Análise

Horas de diversão.

Juntem os vossos familiares e amigos, peguem num comando Wii e preparem-se para horas de diversão com Mario Party 10. Com novos modos e novos tabuleiros e personagens jogáveis esta nova entrada na série, a primeira na Wii U, por muito aliciante que seja, não deixa de ter a sua quota parte de problemas. Vamos então dar início às “festividades” e falar de Mario Party 10.

O primeiro título desta série foi lançado em 1988, após anos de melhoramentos e alterações eis Mario Party 10, o primeiro título da série na Wii U, pronto a fazer as delícias dos jogadores. Diversão é a palavra de ordem neste título, como é natural, e para isso vamos ter ao nosso dispor três modos principais. O tradicional Mario Party e as novidades que são o Bowser Party e Amiibo Party.

No modo Mario Party, os jogadores podem contar com a jogabilidade que podiam encontrar em Mario Party 9. Partilhando o mesmo carro, com o qual vão avançando de casa em casa, os jogadores  têm como objectivo chegar ao fim do tabuleiro competindo pelo maior número de Mini Estrelas recolhidas. Parece fácil, mas pelo meio os jogadores vão participar em mini jogos frenéticos e enfrentar Bosses que prometem não vacilar. De seguida, temos o modo Amiibo Party. Como o nome indica, neste modo terão de recorrer a uma das mais recentes novidades da Nintendo, os Amiibos. Mario, Luigi, Peach, Rosalina, Toad, Wario, Yoshi, Donkey Kong e Bowser são as figuras compatíveis com Mario Party 10. A cada figura que passarem pelo NFC do Gamepad corresponde um tabuleiro específico. Estes tabuleiros são mais pequenos, mas não deixam de ser igualmente divertidos de jogar. Os mais veteranos vão reparar também que neste modo a jogabilidade volta às suas velhas origens em que as nossas personagens voltam a ser apresentadas como peças de cartão.

Finalmente temos Bowser Party. Este é para mim o modo mais aliciante que este título tem para oferecer. Aqui os quatro jogadores não vão competir entre si, vão sim constituir uma equipa, a Equipa Mario. Juntos terão de chegar ao fim do tabuleiro com o maior número de corações e recolher a estrela que se encontra no final. Como já é de esperar, isso não será fácil, uma vez que atrás de vocês vais estar o quinto jogador, ou melhor Bowser. Sempre recorrendo ao Gamepad quem controla Bowser tem o simples objectivo derrotar todos os membros da equipa Mario e claro recolher a estrela. Com o comando da Wii U, Bowser vai lançar os seus dados, soprar bolas de fogo, abanar plataformas e até esconder armadilhas em certas partes do tabuleiro em questão. Já vos disse que Bowser recebe um dado para cada jogador que participe no jogo? Não? Pois recebe e se calharem na casa errada ainda lhe podem dar mais. Fica o alerta que este modo pode muito facilmente arruinar a mais sólida das amizades.

Claro que tudo isto só faz sentido se tiverem com quem jogar. Para aqueles que não têm a oportunidade para juntar um bom grupo em casa para jogar esta é uma experiência que infelizmente  lhes vai passar ao lado. Podemos jogar contra o computador, podemos até gerir a sorte que este vai ter durante o desenrolar do jogo mas… este tipo de controlo mata a experiência. Este é um jogo que é para ser jogado à antiga ou seja com mais pessoas. São os momentos inesperados, os gritos a barafunda, o empurrar do companheiro do lado, as distracções… Tudo isso impossível se jogarmos apenas contra o computador. É pena que não haja uma componente online (com voz até, porque não?) que possa combater contra este problema. Isto sem mencionar que um comando Wii para cada jogador pode também tornar a experiência algo dispendiosa. A sorte de conhecermos um bom leque de pessoas, todas elas possuidoras de um comando Wii é… no mínimo remota.

No que diz respeito à jogabilidade, este é um título acessível a todas as idades e para um jogo deste género, não se podia esperar outra coisa. Alguns mini jogos são mais complexos do que outros, mas nada que não se aprenda depressa, o que é óptimo pois podemos passar rapidamente à acção. Vamos saltar e recolher peixes, vamos correr de um lado para o outro, enfim… vamos fazer de tudo para ganhar. O visualismo é igualmente aliciante e está mais do que garantido que neste campo, Mario 10 é o melhor da série. Todos os tabuleiros são ricos em cor e a variedade de mini jogos que cada um tem para oferecer faz com que um jogo não seja igual ao próximo.

Mario Party 10 vai oferecer-vos horas de diversão. Visualmente aliciante e com uma jogabilidade bem acessível este é um título capaz de agradar a todas as idades. Digam-me lá quem não gostava de ser o Bowser, um minuto que fosse?  No entanto se não tiverem a oportunidade de jogar com amigos ou familiares esta é uma experiência que vos vai saber a pouco. A necessidade de comandos Wii pode tornar também a experiência algo dispendiosa. Se tiverem a sorte de poder contornar este problema contem com horas e mais horas de entretenimento na companhia de familiares e/ou amigos.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This