Matias Aguayo & Roccness + Photonz

First Timers Time, dia 7 de Setembro no Lux

Numa quinta-feira de estreias no Lux associam-se duas duplas na discoteca e no bar do espaço. Uma estrangeira de créditos firmados, Matias Aguayo e Roccness, e outra, nacional, que dá os primeiros passos, Photonz.

A dupla internacional, pertencente aos quadros kompakt, é composta por um chileno (Matias, antigo membro de Closer Muzik, projecto que lhe trouxe notoriedade) e um alemão (Markus Rossknecht aka Roccness, que produziu o recente álbum de Matias).

Juntos vão proporcionar um live-act na discoteca, onde terá particular destaque o álbum “Are you really lost”, produzido por ambos, mas assumindo apenas o nome do sul-americano.

Assumindo uma postura mais próxima das tendências minimais, o som tem como características uma leveza sensual e profunda, sendo o 12” De papel exemplo perfeito disso.

No bar, a noite TPC, o cargo de Pinkboy, convida Photonz, uma dupla de produtores e Djs que tem chamado a atenção em alguns dos bares mais carismáticos de Lisboa, tais como o Majong, Incógnito ou Left.

Em 2002, Markur e Rhodes, depois em entrar num concurso de fotografia, criam um nome que representaria uma ligação como amigos, amantes de música e também de cinema: Da Photonz.

Nasce depois, devido ao gosto pela música, uma noite regular de djing num bar em Almada, o Gaveto, onde lhes era assegurada toda a liberdade sónica que entendessem, combinando um largo espectro musical em sets de contraste, entre minimalismos melódicos, batidas sujas e momentos noise.

Entrando nos caminhos da produção, obtêm com as primeiras faixas um feedback motivador de dj’s como Pinkboy, Rai e o colectivo Sr Ming.

A certo momento, através da comunidade Myspace e precisamente numa altura em que este procurava música nova para a criação da sua própria editora, a faixa «Our fable» chamou a atenção de Neilon Pitamber (Dubkult, Arcola, Raum, Musik, Traum),

A londrina Living Records inicia-se assim com os Photonz através do EP “Ronin” (previsto para 9 de Outubro), que respira um funk electrónico, hipnótico e de inspiração cinemática. Também a netlabel Virus B-23 irá disponibilizar brevemente faixas dos Photonz para venda de download.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This