“Maybe I Should Have” no Espaço Nimas

O que se faz quando nos encontramos na peculiar situação de ir à falência por causa dos sonhos de uns quantos homens de negócios e da incapacidade do governo de proteger o homem comum? Gunnar Sigurosson vai a procura do dinheiro e das respostas…
Gunnars visita os “business vikings”, políticos, jornalistas e membros do governo; a sua busca por respostas leva-o a viajar por todo o mundo; Londres, Nova York, Luxemburgo, até ao paraíso fiscal de Tortola. As respostas e as explicações são tão variadas como os seus encontros.
À sessão vai seguir-se uma conversa em torno de algumas das muitas questões suscitadas pelo caso islandês. A conversa será animada pelos convidados Miguel Angel Sanz Loroño(Universidade de Zaragoza) e Olivia Bina (Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa)

Miguel Angel Sanz Loroño é historiador, dedica-se à questão da relação entre o pensamento utópico e as narrativas sobre o real na história contemporânea, sendo essa a área de incidência do seu projecto de doutoramento. É Professor Assistente no Departmento de História Moderna e Contemporânea da Universidade de Zaragoza. Participa actualmente em dois projectos de investigação sobre a Guerra Civil espanhola, dedicando-se especialmente às questões relacionadas com a memória colectiva. É membro do conselho editorial da revista Historiografias, editada pela Universidade de Zaragoza.

Olivia Bina trabalha concepções de crescimento, progresso e sustentabilidade, com especial destaque para as interpretações alternativas do actor económico e os debates recentes sobre felicidade, responsabilidade e bem-estar. É Investigadora Associada do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e Professora Assistente do Departamento de Geografia e Gestão de Recursos, da Universidade Chinesa de Hong Kong. O seu trabalho centra-se em concepções de crescimento, progresso e sustentabilidade, com especial destaque para as interpretações alternativas do actor económico e os debates recentes sobre felicidade, responsabilidade e bem-estar, à luz das teorias económicas e da sustentabilidade. Na década de 1990, Oliviatrabalhou no Reino Unido para uma ONG ambiental e posteriormente como consultora ambiental, aconselhando governos e organizações internacionais na Europa, América do Sul e China. Continua activa no campo da teoria e mecanismos da governança ambiental. É coordenadora do URBACHINA, um projecto europeu sobre as tendências de urbanização na China, com especial enfoque nos desafios da sustentabilidade.

Horário das sessões: 19:00 / 21:30

Preço:

3,5€ | 2€ – Sócios Apordoc
As sessões são legendadas em português



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This