merceariaelpraino-9-of-67

Mercearia L Praino

Quando os planaltos de Miranda do Douro e Baviera se juntam à mesa

Chama-se mercearia mas hoje em dia cede cada vez mais o seu espaço à restauração. Em pleno bairro residencial de Telheiras, em Lisboa, num cantinho difícil de encontrar, descobrimos este local acolhedor que conquista logo à primeira vista. Mas vamos começar pelo início, como todas as histórias devem ser contadas. E esta é uma bonita história de amor.
Vera Schmidberger, arquitecta, cozinheira e gerente do espaço, veio para Portugal em 1979 para estudar arquitectura e apaixonou-se por um português natural de Trás-os-Montes. A paixão da alemã estendeu-se não só ao marido como a Portugal em geral e às origens da sua família, nomeadamente a Angueira (concelho de Vimioso, distrito de Bragança). O casal herdou a casa outrora dos sogros e Vera decidiu recuperá-la. Para acompanhar a obra, as viagens à terra começaram a ser cada vez mais frequentes, e na bagagem para Lisboa Vera trouxe não só produtos biológicos como também uma vontade muito grande de abrir um espaço na capital. Em Março de 2014, Vera começou a escrever um novo capítulo na sua vida, a Mercearia L Praino, que mescla o melhor de duas regiões tão longínquas quanto peculiares: o planalto da Baviera com o Mirandês. Da Alemanha importa o que de melhor lá se faz, como as salsichas, a pastelaria tradicional e os métodos de confecção. De Miranda do Douro traz no seu carro, após uma viagem de 1040 km, as batatas e todos os legumes mais frescos da região, sem esquecer os inigualáveis produtos de fumeiro e carnes provenientes da Cooperativa de Produtores de Vitela Mirandesa.
É desta combinação aparentemente improvável, mas que devidamente explicada faz todo o sentido, que nasce o L Praino (planalto em mirandês, a segunda língua oficial em Portugal).

merceariaelpraino-2-of-67

Da conversa entusiasmante com Vera, passámos para a degustação de pratos confeccionados e concebidos pela própria num autêntico festival de sabores. Como entradas, Vera serviu-nos vários petiscos: pastel de chaves; entradinha da casa com tosta com pão de centeio com queijo de cabra gratinado com geleia e vinagre balsâmico; pretzel; crocante de sementes de sésamo e salsicha branca de carne de vitela da Baviera com mostarda doce. Tudo muito bem conseguido e cujos sabores diferentes resultam num excelente início de refeição. Para acompanhar, uma autêntica cerveja bávara.

merceariaelpraino-17-of-67

merceariaelpraino-33-of-67

merceariaelpraino-23-of-67

Como prato principal, começámos com a tomatada com figos frescos, uma sopa de tomate caseira, preparada com tomate biológico das qualidades coração de boi e tomate rosa com ovo biológico escalfado e linguiça mirandesa grelhada. Sabores ricos e equilibrados, onde a qualidade dos ingredientes faz toda a diferença no resultado final do prato.

merceariaelpraino-45-of-67

Depois, avançámos para as lentilhas beluga com gamba selvagem, uma espécie de lentilha preta de pequena dimensão confeccionada com caril e leite de coco acompanhada com arroz basmati. É um prato surpreendente e muito reconfortante, ideal para esta época do ano.

merceariaelpraino-40-of-67

Provámos também uma sugestão de mar: lombo de salmão biológico irlandês grelhado servido com arroz de tomate malandrino. Para quê complicar se a simplicidade pode ser tão saborosa? O peixe estava confeccionado no ponto e o aroma caldoso e muito aromático é divinal.

merceariaelpraino-47-of-67

Para finalizar os pratos quentes, não poderia faltar a posta mirandesa guarnecida com grelos e batata de Angueira. O corte não é o tradicional, porque, segundo Vera, os clientes preferem uma peça mais pequena, mas o sabor está lá todo. A carne é tão macia que se desfaz na boca em segundos. Escusado será dizer que a batata sabe mesmo a batata e este prato é naturalmente enriquecido com o gosto autêntico do tubérculo.

merceariaelpraino-58-of-67

Para acompanhar esta parte da refeição, provámos três vinhos distintos: Mafarrico Douro 2015, um branco jovem e fresco, e dois tintos: Lléngua Mirandesa 2013 (aromático e leve) e Mimo Douro DOC 2012 (mais intenso e encorpado).

Und zu guter Letzt, que é como quem diz, por fim mas não menos importante, as sobremesas. O clássico Appelstrudel, que dispensa apresentações é, sem dúvida, o melhor que já provámos. Servido ainda morno, o aroma a maçã e canela é inesquecível e a textura da massa irrepreensível.

merceariaelpraino-62-of-67

Depois toucinho do céu com amêndoas de Alfândega da Fé, um regresso à doçaria portuguesa em toda a sua essência, sem ser excessivamente doce.

merceariaelpraino-60-of-67

E por último o Nusskipferl, um biscoito de amêndoa cuja receita pertence à família de Vera, cuja textura areada se desfaz na boca como que por magia.

merceariaelpraino-67-of-67

Neste roteiro entre planaltos, privilegia-se o contacto com os produtores locais certificados, a sazonalidade dos ingredientes e a origem biológica dos mesmos. É num ambiente tranquilo e confortável que Vera e a sua equipa abrem as portas deste espaço de sorriso aberto e coração cheio, transmitindo muita paixão em tudo o que fazem. Seja pela comida descomplexada mas rica em aromas, ou simplesmente pelo espaço reabilitado e decorado com bom gosto pela arquitecta, fixe a morada e vá até à Mercearia L Praino, onde poderá também comprar alguns produtos e levar para casa. De Lisboa, passando por Miranda do Douro e aterrando na Baviera, não deixe de embarcar nesta viagem gastronómica única.

Mercearia L Praino:
Rua Professor Veiga Ferreira no 23-A, Telheiras, Lisboa
Horários: Almoços de Segunda a Quinta; Jantares: Sextas
Encerra ao Domingo
Contacto para reservas: 21 133 52 93

Fotografia de Ricardo Mateus



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This