Michael Biberstein

Está patente na galeria Cristina Guerra em Lisboa a mais recente exposição do pintor Suíço.

Nascido na Suíça no ano de 1948 mas com residência em Sintra desde 1979, Michael Biberstein tem vindo a desenvolver em Portugal uma obra pictórica onde as influências da filosofia e do romantismo alemães se interceptam e que, não sendo descritiva, reflecte uma procura das leis básicas da existência.

As suas obras assinalam uma dimensão quase transcendental através de uma utilização de texturas e variações de cor que seduz o nosso olhar e por acréscimo a nossa percepção. O seu trabalho tem sido motivo de significativos ensaios críticos, publicados ao longo do seu extenso percurso que conta agora com uma nova exposição em Lisboa na Galeria Cristina Guerra.

As suas pinturas caracterizam-se particularmente pela necessidade de espaço para interagirem com o espectador, onde a escuridão e claridade, movimento e quietude são alguns dos binómios que podemos nelas entrever. Estas novas pinturas representam um campo de possibilidades para uma reflexão globalizadora, podendo ser consideradas como “paisagens interiores”, tendo como objectivo potenciar a intuição de quem as vislumbra transformando-a numa forma de conhecimento válido e indispensável.

Estas pinturas nebulosas escapam à forma, a noções de área e de concentração, produzindo um universo vasto e inconclusivo que se estende além tela. É neste mundo de alguma fantasia que a obra de Michael Biberstein nos convida a entrar. A porta está aberta na Galeria Cristina Guerra até ao dia 20 de Novembro.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This