Mika | “The Origin of Love”

Mika | “The Origin of Love”

Amor e uma cabana

Se George Michael e os Wham! tivessem decidido percorrer mais algumas décadas de mão dada, talvez o resultado tivesse sido um disco como “The Origin of Love”, feito de uma pop descomprometida, festiva e de olhos bem pintados, muito capaz de servir de banda sonora a uma viagem de montanha russa a caminho da perdição.

O terceiro disco de Mika troca as artes de palco pela boa vida clubesca, com uma electrónica de espírito hippie que deve ser encarada como um convite à dança sem preconceito – a começar desde logo pelo iniciático «Origin of Love», que ficaria bem metido numa qualquer rodela dos Abba. É um disco orientado para uma pista de carrinhos de choque imaginária, onde estamos entregues a um desejo de festa sem fim à vista.

Depois de ter tomado a decisão de sair do armário, Mika apresenta um disco pop bem conseguido, com alguns temas que mostram que o rapaz tem realmente jeito para a coisa. Afinal de contas, quem disse que “felicidade” não pode rimar com “espírito criativo”?



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This