Mocho e a Gatinha

A Companhia Teatral do Chiado não é só Shakespeare. Venham conhecer esta divertida comédia de Bill Manhoff

Um rapaz habitualmente pacato – empregado numa livraria, que se auto-graduou intelectual marginal – descobre, com o auxílio de uns binóculos, que tem uma vizinha prostituta. Ao princípio não quer admiti-lo, mas foi mesmo ele quem a denunciou ao senhorio. A rapariga fica sem casa logo naquele dia, vem protestar a casa do denunciante e acaba por dormir lá.

Este é o mote para uma divertida peça, encenada por Juvenal Garcês, que está em cena até dia 31 de Julho de Quinta a Sábado no Teatro Estúdio Mário Viegas e que conta com a interpretação de Simão Rubim e Vanessa Agapito.

A Companhia Teatral do Chiado – Teatro Estúdio Mário Viegas foi fundada em 1990 por Mário Viegas e Juvenal Garcês, quando a Câmara Municipal de Lisboa, sob a direcção do Dr. Jorge Sampaio, lhes cedeu o espaço da Sala Estúdio do Teatro Municipal de S. Luíz.

Após o falecimento do actor e encenador, Juvenal Garcês assumiu, em 1996, a sua direcção artística e geral.

Muitas vezes associada ao enorme êxito das Obras completas de William Shakespeare em 97 minutos, a companhia é na realidade muito mais do que isso, como esta peça o vem demonstrar

Através de uma história bastante simples, o enredo torna-se divertido, fazendo rir até a mais séria das pessoas, numa bastante recomendável comédia romântica que vem provar que o teatro é o local ideal para se viver todas as emoções. De realçar que esta peça foi nos anos 70 adaptada ao cinema, com Barbra Streisand e George Segal como protagonistas.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This