MORTE de JUDAS de Paul Claudel volta à cena na Cornucópia

Em fim de Março do ano passado o Teatro da Cornucópia levou à cena um espectáculo que não estava previsto na programação do ano: o monólogo MORTE DE JUDAS de Paul Claudel, interpretado por Dinarte Branco. Esse espectáculo, que se apresentou como um trabalho de Cristina Reis, Dinarte Branco e Luis Miguel Cintra, extremamente austero na sua concepção cénica, teve uma óptima recepção do público e deu a possibilidade a Dinarte Branco de realizar um trabalho de interpretação extraordinário. A versão da traição de Judas que o próprio Judas enforcado apresenta ao público, pouco canónica mas de um catolicismo exemplar, surpreendentemente tocou fundo o público que pôde assistir a essas representações.

Enquanto o Teatro da Cornucópia começa a ensaiar aquilo que será a sua primeira e mais ambiciosa produção de 2012, (FINGIDO E VERDADEIRO, a partir de LO FINGIDO VERDADERO de Lope de Vega), MORTE DE JUDAS volta à cena de 19 a 29 de Janeiro (De 3ª a Sábado às 21.30h e Domingo às 16.00h) no Teatro do Bairro Alto para mais uma série de 10 representações.




Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This