Musgo

Mais um projecto da electrónica portuguesa que se deu a conhecer em 2003.

Quando penso na palavra “Musgo” vem-me logo à cabeça a ideia de uma coisa que cola e que se agarra com facilidade às paredes. Penso numa coisa verde, natural e simpática, utilizada nos presépios e que se pode encontrar um pouco por toda a parte.

Este projecto lisboeta é um pouco disto tudo, apenas não é utilizado nos presépios, mas fazem música que nos transporta para paisagens e campos verdes, sons da natureza, límpidos e saudáveis.

Tiveram a sua genese no ano de 2002 e são formados por três elementos: Eduardo Ricciardi, Rodrigo Alfacinha e João Osório. Durante o ano passado lançaram o EP “Twilight Landscape” através da Skud & Smarty e tendo como local de venda a inevitável Ananana. Um Ep que apresenta cinco temas de uma electrónica simples e sincera, sem grandes artificios e de uma grande beleza que se pode considerar quase poética. Faixas perfeitas para aqueles dias de Outono ou de Primavera em que o sol brilha intensamente, libertando-nos o espírito e lavando-nos a alma.

Os elementos dos “Musgo” definem assim o seu projecto:

“Musgo é textura, ambiência e experimentação de elementos orgânicos e electrónicos. Move-se através de sintetizadores regressivos, samplers rasgados, glockenspiele frenéticos, teclados de computador percussivos, guitarras cantantes, baixos minimais e diversos outros objectos. Cruzam-se estradas rurais mediterrânicas com motores-rotores germânicos guiados por um laranja-far-west resguardado numa terna bolsa subaquática.”

Este ano está prevista a edição de um novo registo, em príncipio, no Verão.

Esperamos que não seja mais um projecto que, como outros, seja esquecido e passe ao lado das pessoas. Aqui, na Rua de Baixo, têm sempre um lugarzinho onde se podem colar.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This