Netlabels

O 1º encontro tem lugar na Fonoteca de Lisboa nos dias 26 e 27 de Maio.

Durante o período da nossa existência, cerca de dois anos e meio, temos assistido ao crescimento de uma nova forma editorial. As Netlabels têm conseguido encontrar o seu espaço no mercado discográfico, apostando na diversificação de géneros e propostas e tendo sempre como factor primordial, a disponibilização gratuita dos seus objectos editoriais. Nos dias 26 e 27 de Maio realiza-se em Lisboa, na Fonoteca, o primeiro encontro de Netlabels. Uma excelente oportunidade para ficarem a conhecer um pouco melhor esta nova realidade.

A ideia deste evento partiu da Merzbau, uma das editoras que temos vindo a divulgar com mais “afinco” na rua de baixo. Com o objectivo de “divulgar esta realidade”, a Merzbau convidou algumas netlabels com ligações ao nosso país. Assim, vão passar pelo “palco” da Fonoteca alguns dos projectos mais representativos de algumas netlabels nacionais: Sam Pull (Yellow Bop Records) e Aenedra (Enough Records) no dia 26, e Frango (Test Tube) e Goodbye Toulouse (Merzbau) no dia 27.

Sam Pull (Yellow Bop Records)

Sam Pull é uma das faces da YBR. Para além de músico e produtor, acumula ainda a função de promotor da própria etiqueta. A sua música “festiva” encaixa na perfeição em qualquer situação. Passem pelo site e fiquem a conhecer o seu trabalho.

Aenedra (Enough Records)

Aenedra são Frederico Oliveira e Filipe Cruz, dois dos fundadores da enoughrecords, a primeira netlabel a surgir em Potugal. O seu som mistura fortes influências das várias escolas do IDM, dark ambient, drone, noise e uma especial sensibilidade pela decomposição pragmática dos sons habituais.

Frango (Test Tube)

Mensageiros das novas músicas livres nacionais, o trio do Barreiro constituído por Jorge Martins (Fish & Sheep, Ivone), Rui Dâmaso (PCT Moya, Searching Records) e Vitor Lopes (Barcos, Ivone, Searching Records), explora a textura, o espaço e o som como universos puros, impolutos por harmonia convencional e ritmos óbvios. A descobrir no site da test tube, a netlabel ligada à Monocromática e que conta com um grande número de interessantes edições.

Goodbye Toulouse (Merzbau)

Banda formada em 2004 com um disco editado pela Merzbau em Março de 2005. Uma “ode à vivência urbana” onde guitarras rasgadas e uma produção low fi servem de pano de fundo para vocalizações intensas e perturbantes. Para descobrir no site da Merzbau, uma das netlabels mais activas nos últimos tempos.

Aproveitem esta oportunidade e passem pela Fonoteca Municipal de Lisboa. A entrada para os dois dias tem o mesmo preço que as músicas disponibilizadas pelas netlabels: ZERO. 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This