fbt

“O Bestiário da Isa” de Joana Afonso

Uma caçadora com bom coração

O Bestiário da Isa, de Joana Afonso (A Seita, 2022), é uma BD fantástica, com uma protagonista engenhosa e sentimental, um companheiro adorável, um mundo extraordinário e muita adrenalina à solta.

A BD, criada, originalmente, como uma ‘comic’ autoeditada, serviu de um tipo de ‘test drive’, de um capítulo, de entre três capítulos previstos, e conferiu a Joana Afonso, o Prémio na Categoria de Melhor Fanzine/ Edição Independente.


Essa curta edição inicial, de pouco mais de 20 páginas, teve alguns soluços, como cores demasiado saturadas, detalhe corrigido nesta edição completa, colorida e em capa dura, d’A Seita, onde se nota um maior balanço nas cores em todas as suas 72 páginas.


Pertencente à coleção Comic Heart, é um dos oito títulos incluídos no projeto “Garantir BD”, resultado de uma cooperação entre a editora A Seita e o Programa Garantir Cultura (cofinanciador), que possibilitou terminar o álbum, ao juntar todos os capítulos num só livro.

Sobre Joana Afonso, é de referir que já é um nome conhecido no mundo das ‘comic’. Docente e Doutorada em Desenho pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL), colabora com diversos jornais e revistas e produtoras com trabalhos desde ilustração a ‘concept artist’, publicados e expostos na revista polaca Ziniol e a Image Comics.


É autora de vários trabalhos, desde a ‘comic short’ “Quarto Crescente”, à ‘comic short’ “Quiosque”, ao projeto “Zahna”. Em 2013, ganha o prémio de Melhor Álbum do Amadora BD e os Prémios Profissionais de BD (Melhor Desenho e Cor), com “O Baile”, em coautoria com Nuno Duarte (“Paris Morreu”, “Mutate & Survive”). “O Baile” foi publicado internacionalmente pela Timof (Polónia) e Tunué (Itália).


Ganha o prémio profissional de BD para outras publicações e o Prémio de Melhor Arte da Central Comics, com “Living Will”, em coautoria com André Oliveira (“O Incrível Tarantantan de Balbino o Esfutricador”, “Toutinegra”).


Publica o seu primeiro trabalho a solo “Deixa-me Entrar”, em 2014, é a autora em destaque no Festival Internacional Amadora BD.

Isa é uma mulher de bom coração, desenrascada, que sonha tornar-se investigadora dos animais míticos e bizarros que povoam o seu mundo, mas trabalha, à experiência, numa firma de controlo de pragas e monstros. Um dia, fica encarregada de tomar conta do seu sobrinho Miguel. Como é óbvio, não pode deixá-lo sozinho na sua casa com o Chocolate, decidindo levá-lo para acompanhá-la num dos seus dias de trabalho. O que pode correr mal, não é?


A missão do dia parecia ser das menos problemáticas, mas as variantes mudaram e com Miguel à mistura, o risco só aumenta.


Para o Miguel, criança animada e curiosa, é entusiasmante estar imerso no mundo da tia, a “caçar” criaturas – na visão dele e da tia -, bastante fofas, mas igualmente perigosas, a ler o manual das criaturas, e a correr de um lado para o outro, porém a sua atenção a detalhes, como as orientações muito, mas muito, importantes da tia, escapam-lhe num segundo.


Um pequenino erro, é o suficiente para garantir que aquele dia não vá ser tão fácil como, inicialmente, pensava Isa.


Nesta BD, o leitor vai ser puxado para uma corrida repleta de adrenalina, ação e alguns sustos, mas em boa companhia.

Em “O Bestiário da Isa”, os leitores podem desfrutar do visual a que Joana Afonso já os tem habituado. Além de ter uma premissa divertida, passada num ritmo alucinante, com criaturas curiosas, é um livro desenvolvido de forma esplêndida, apelativo para todas as idades.



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This