“O mirabolante caso dos queijos malcheirosos” | Geronimo Stilton

“O mirabolante caso dos queijos malcheirosos” | Geronimo Stilton

Nem sempre se pode comer o que cheira mal

Costuma dizer-se por aí, isto em relação a muito bom queijo, que o mau cheiro funciona como um selo de qualidade. O que, na última aventura de Geronimo Stilton, está longe de ser verdadeiro.

Já se sabe que o mais famoso habitante da Ratázia não vira os olhos a uma boa aventura, que normalmente ficará associada a um grande furo jornalístico. Em “O mirabolante caso dos queijos malcheirosos” (Editorial Presença, 2014), Stilton reencontrará o seu amigo e investigador Abelhudo Tchiit, que o vai conduzir ao obscuro mundo da contrafacção alimentar.

Crostácia Crosta parece não passar de uma misteriosa e pouco simpática cozinheira, mas na realidade o seu plano é digno dos sonhos mais negros de Darth Vader: imitar na perfeição todos os queijos que existem, usando material de refugo apanhado nos contentores do lixo.

Quando todos os habitantes – primeiro a Ratázia, depois o mundo – se virem a braços com verrugas verdes no queijo e umas agudas dores de barriga, não terão outro remédio senão recorrer a Crostácia e ao seu antídoto. Isto, se Stilton não conseguir dar conta do recado. Mais uma divertida aventura do rato jornalista.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This