“O Segredo da Apple” | Adam Lashinsky

“O Segredo da Apple” | Adam Lashinsky

Esta maçã não apodrece

Se, no mundo futebolístico, o debate pode por vezes levantar fervura e chegar a vias de facto – como numa conversa mais animada entre um lampião e um portista -, já no mundo dos computadores o duelo entre os militantes pró-PC e os pró-Mac é também motivo para despoletar, se a conversa se tornar mais acesa, arremessos de ratos e teclados sem possibilidade de premir a tecla return.

Seja como for, uma coisa parece certa, mesmo para aqueles que lhe torcem o nariz. A Apple, a empresa da maçã trincada, dá uma goleada à concorrência no que diz respeito à aparência, à elegância e, na opinião daqueles que já deram uma boa dentada nos seus produtos, na sua funcionalidade.

Já se sabe que o segredo é a alma do negócio mas, no caso da Apple, é também a cabeça, o tronco e os membros de uma empresa que faz do secretismo a sua maior arma. Adam Lashinsky, editor sénior na Revista Fortune, decidiu saber mais sobre a empresa mais secreta e admirada do planeta. Mesmo que a Apple tenha recusado disponibilizar qualquer gestor ou outros funcionários para entrevistas, Lashinsky chegou à fala com antigos funcionários para escrever “O Segredo da Apple”, e todos eles manifestaram um desejo comum: que a empresa saísse bem na fotografia.

Em teoria, a Apple até tinha tudo para não se ter dado bem: um CEO narcisista, caprichoso e desrespeitador dos sentimentos dos outros; a criação de elites dentro das elites, fomentando a fragmentação do espírito de equipa; o decidir passar ao lado dos concursos que elegem as melhores empresas para se trabalhar – até porque, no caso da Apple, dificilmente ase chegaria aos primeiros lugares. Na prática, porém, o resultado é outro.

Para além de levantar o véu sobre o verdadeiro funcionamento da Apple, “O Segredo da Apple” projecta quais serão os maiores desafios que a empresa terá de enfrentar depois do desaparecimento do visionário Steve Jobs, partilhando histórias que são, muitas delas, lições sobre liderança e criatividade. Em conjunto com “Steve Jobs”, a biografia autorizada da autoria de Walter Isaacson, temos agora um retrato de corpo inteiro sobre uma das mais secretas, criativas e bem-sucedidas empresas do planeta.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This