“Onde está o Wally?” | Martin Handford

“Onde está o Wally?” | Martin Handford

Onde está o segredo?

Desde 1987 que crianças e adultos, um pouco por todo o mundo, procuram entusiasmadamente o Wally entre páginas duplas, apinhadas de gente, objetos e lugares. O autor de tamanho sucesso é Martin Handford, autor e ilustrador britânico para sempre associado a esta aventura.

Onde está o Wally?” (Editorial Presença, 2014) traz de novo às bancas o boneco magro de óculos redondos e inconfundível camisola às riscas vermelhas e brancas. Inconfundível ou talvez não, porque a magia é mesmo essa: encontrar o Wally nas ilustrações de duas páginas inteiras, onde ele, as suas calças azuis, a sua camisola branca e vermelha e o gorro, se confundem com tudo o que o rodeia, numa espécie de jogo do esconde-esconde entre o boneco e o leitor.

Traduzidos em 30 línguas, os livros do Wally já venderam mais de 50 milhões de exemplares e a fórmula, de tão simples, não se esgota. Nesta primeira reedição da Editorial Presença, o nosso amigo passeia-se na cidade, no parque de campismo, na praia, na estação de comboios, no estádio ou no aeroporto, tentando passar despercebido aos nossos olhos investigadores.

Com ele leva nesta viagem bengala, chaleira, marreta, caneca, mochila, saco-cama, binóculos, máquina fotográfica, máscara de mergulho, cinto, saco e uma pá. E não passeia sozinho. Porque a nossa tarefa não termina quando apontamos o dedo ao Wally gritando: “Encontrei!”. Há muito mais a investigar. Personagens como o cachorro Woof, a amiga Wenda, o Mago Barba Branca ou o antagonista Odlaw, cujas roupas imitam as do personagem principal mas em versão amarela e preta, podem ser vistas em cada uma das paragens do Wally durante esta viagem. Em cada cenário encontramos um postal do Wally, onde descreve o local onde se encontra e relata as suas aventuras naquelas paragens. Depois, a fechar, há ainda a grande lista de onde está o Wally, um conjunto de tarefas diversas que inclui encontrar objetos que o Wally vai perdendo e identificar pessoas, ações ou detalhes, fazendo de cada página dupla um rol de descobertas e desafios.

Hoje, como há 27 anos, o Wally mantém os pequenos leitores de livro aberto de par em par e dedo em riste, prontos para serem os mais rápidos a encontrar tudo o que por ali se esconde.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This