rdb_paulette_header

“Paulette”

Uma comédia deliciosamente amoral

“Paulette”, comédia realizada por Jérôme Enrico, faz-nos um dos possíveis retratos sociais da luta pela sobrevivência numa Europa dilacerada pela crise económica.

Uma senhora já idosa, Paulette, interpretada pela actriz Bernadette Lafont, depois ter perdido a sua pastelaria, que é agora um restaurante japonês, vive sozinha num bairro social e recebe uma magra reforma, com a qual tem dificuldade em chegar ao fim do mês. Certa noite dá-se conta dos estranhos negócios que decorrem no seu prédio e é aí que decide lançar-se na venda de haxixe e, de uma forma original, começa uma nova carreira.

Apesar da maioria das cenas terem registos cómicos e provocarem muitas gargalhadas, vários temas sérios são abordados no filme, como o preconceito, racismo, discriminação ou as dificuldades económicas por que muitas pessoas passam.

Paulette começa como uma mulher cheia de preconceitos; culpa os estrangeiros pelo seu infortúnio, não aceita o casamento da filha com um homem negro e despreza o próprio neto. Ao envolver-se no tráfico de droga torna-se uma pessoa mais aberta, mais tolerante, e acaba até por reconciliar-se com a sua família. Assistimos assim a um amadurecimento da personagem após seguir um caminho pouco ortodoxo.

Os diálogos foram soberbamente construídos com um humor acutilante e um timing perfeito; a acção é hilariante do começo até ao fim. As quatro actrizes que encabeçam o elenco, a protagonista Bernadette Lafont, e as suas três amigas, interpretadas por Carmen Maura, Dominique Lavanant e Françoise Bertin, têm excelentes actuações e proporcionam ao público momentos de alta comédia.

“Paulette foi baseado numa história real que me contaram, o argumento foi escrito em conjunto com alunos meus. A actriz Bernadette Lafont (Paulette) estava muito envolvida com a personagem, algumas cenas foram mais exigentes fisicamente devido às baixas temperaturas.”, disse o realizador sobre o filme.

“Paulette” teve a sua estreia mundial em Lisboa e abrilhantou a abertura da 13ª Festa do Cinema Francês.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This