Paulo Branco

Paulo Branco Presidente do Júri no Festival de Lucca

E será ainda homenageado no Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires

Depois de fazer parte do júri de festivais internacionais como Berlim (1999), Veneza (2005), Roterdão (2006) e Locarno, onde foi Presidente do Júri em 2011, Paulo Branco será Presidente do Júri do Festival de Cinema de Lucca.

O Festival de Cinema de Lucca – junta na cidade italiana da Toscânia “realizadores consagrados e novos nomes da sétima arte, cinema mainstream e experimental num só evento, que há 11 edições conta com a presença de realizadores, críticos, atores e artistas internacionais de renome como Jonas Mekas, Tsai Ming-liang, Abel Ferrara, Philippe Garrel, John Boorman, David Lynch, David Cronenberg e Terry Gilliam, entre outros”.

Em comunicado, a organização do festival italiano destaca o papel de Paulo Branco como produtor de obras de nomes como Wim Wenders, Manoel de Oliveira, Michel Piccoli e David Cronenberg.

Mas o reconhecimento do trabalho do produtor Português não fica por aqui. Paulo Branco será ainda homenageado na Argentina, no Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires (BAFICI), um dos eventos de cinema com mais reconhecimento internacional.

Na edição deste ano, será dedicada ao produtor uma importante retrospectiva na qual serão exibidas as obras Posto Avançado do Progresso de Hugo Vieira da Silva (2016), Cosmos de Andrzej Zulawski (2015), O Astrágalo de Brigitte Sy (2015), Amanhã Mudamos de Casa (2004) de Chantal Akerman, Combate de Amor em Sonho (2000) de Raoul Ruiz, As Bodas de Deus (1999) de João César Monteiro, Ossos (1997) de Pedro Costa, Os Canibais (1988) de Manoel de Oliveira e O Estado das Coisas (1982) de Wim Wenders.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This