Phoenix | “Bankrupt!”

Phoenix | “Bankrupt!”

Injectados com psicadelismo electrónico?

Depois de “Wolfgang Amadeus Phoenix”, álbum que saiu em 2009 e que nos trouxe o tema-bomba «Lisztomania», capaz de incendiar qualquer pista de dança e de nos deixar a suar em bica, os Phoenix regressam com o disco mais esperado do ano – “Bankrupt!” (2013, Loyauté, Glassnote Records, Atlantic Records). Os quatro rapazes franceses – Thomas Mars (vozes), Christian Mazzalai (guitarra), Deck D’Arcy (baixo) e Laurent Brancowitz (guitarra) – estão juntos desde 1999 e contam agora com cinco discos editados.

“Bankrupt!” tem apenas 10 canções e o single de avanço é «Entertainment». Pessoalmente, gosto da composição, a começar por uns toques que me lembra música chinesa logo no seu inicio, e rapidamente sinto a tal alegria de outrora. Este tema também já foi alvo das mãozinhas dos Grizzly Bear, Noir&Blanc e Todd Edwards, para umas versões remix.

Continuando a explorar o disco, a minha atenção recaiu em «SOS in Bel Air», «Oblique City», «Chloroform» e «Don’t», temas a que achei particular piada. No entanto, descobri uns chatos como «The Real Thing» e «Try to Be Cool». Sinto uns Phoenix parecidos a Tame Impala, a Two Door Cinema Club, e tenho saudades do seu lado mais pop-rock. Esta nova roupagem com “Bankrupt!” é muito mais experimental, mais sintetizada, psicadélica.

Para onde foram os Phoenix? É uma inovação musical? Saíram da sua caixinha? É cedo demais para estas reflecções pois ainda estou a ‘mastigar’ “Bankrupt!”. Este ano, os Phoenix vêm finalmente a Portugal e estou em pulgas para os ver ao vivo e sentir o novo disco. Veremos se terão energia suficiente para me porem a suar em bica uma outra vez.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This