Pokémon Super Mystery Dungeon

Pokémon Super Mystery Dungeon | Análise

POKÉMON VERSUS ROGUELIKE

Antes deste título chegar ao Rua de Baixo, nunca tinha testado um jogo da série Pokémon Mystery Dungeon, embora tenha explorado bastantes jogos RPG da série, sobretudo quando era mais novo e a saga brilhava no GameBoy. Neste título, que já no dia 19 de Fevereiro chega a Portugal, o jogador encarna a personagem de um humano que perdeu a memória e foi transformado em pokémon. Depois de ser salvo por um Nuzleaf, é incluído numa escola repleta de pokémon e por lá  conhece o seu parceiro com o qual parte numa expedição para salvar pokémon por esse mundo fora. Ao fazê-lo, vamos desbloqueando novas missões e novos pokémon que podemos utilizar na nossa equipa. Como némesis do nosso protagonista, um mal parece espalhar-se pela terra que está a transformar todos os pokémon em pedra. Cabe então ao jogador resolver este problema antes que a destruição se instale. A história tem alguns momentos bem caricatos e cómicos, mas também alguns momentos mais escuros e sombrios que tornam tudo muito mais interessante.

Quanto à jogabilidade, Pokémon Super Mystery Dungeon joga-se numa perspectiva isométrica, que facilita a exploração e, ao mesmo tempo, inclui as já conhecidas batalhas de pokémon. Com uma equipa de 3 pokémon vamos poder explorar as masmorras geradas aleatoriamente, lutar contra vários pokémon inimigos, apanhar itens e tentar evitar as armadilhas que nos esperam a cada curva. Pokémon Super Mystery Dungeon adopta um estilo verdadeiramente roguelike e permite ao jogador planear bem o seu posicionamento bem como as acções que terá de tomar em cada momento específico, funcionando por turnos, enquanto lida com a gestão das capacidades dos seus pokémon. A criatividade é um requisito já que os jogadores terão de ser imaginativos para superar cada obstáculo que encontrarão nestas masmorras.

Para além da história e da exploração de masmorras, Pokémon Super Mystery Dungeon não tem muito mais para fazer. Podemos evoluir os nossos pokémon, ensinar-lhes novos movimentos, mas a chave deste lançamento na saga Pokémon é mesmo a exploração e a procura de novos itens. Este é um jogo com bastante conteúdo mas que pode, de alguma forma, cair na repetição. Normalmente, temos de ir a uma masmorra, descer até ao nível X, combater contra o boss Y e encontrar o item Z. Começamos a próxima missão e a mecânica é basicamente a mesma mas com ligeiros contornos diferentes na forma como é apresentada e na masmorra que, apesar de tudo, é gerada aleatoriamente e apresenta sempre algumas novidades.

Apesar de simples e por vezes repetitivo, Pokémon Super Mystery Dungeon é um jogo divertido e também um jogo bem executado na 3DS, já que graficamente não falha, repleto de cores e uma boa performance no geral. Uma boa entrada na biblioteca da 3DS num jogo para os fãs da série nipónica mas também para os fãs da exploração de masmorras aleatórias e sobretudo  para apreciadores do género roguelike. Se a repetição não for problema para ti, Pokémon Super Mystery Dungeon é uma boa compra.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This