PoNTI ’04

De 12 de Novembro a 5 de Dezembro vai decorrer no Porto o 13º Festival da União dos Teatros da Europa.

O Teatro Nacional de São João, no mesmo dia em que foi aceite como vigésimo membro da organização europeia de teatros criada por Giorgio Strehler, candidatou-se logo a organizar o festival anual. Assim, para marcar a adesão do Teatro Nacional de São João à União dos Teatros da Europa, o PoNTI reestruturou-se para albergar o 13º Festival desta rede internacional de teatros.

A presença do Teatro Nacional de São João permite aos criadores portugueses partilhar de um modo intensivo o trabalho e os recursos dos nossos novos parceiros, potenciando numa espécie de academia informal todo o saber artístico e pedagógico que emerge de boa parte deles.

O Teatro Nacional São João, o Teatro Carlos Alberto, o Rivoli Teatro Municipal e o Teatro Helena Sá e Costa vão acolher uma série de espectáculos produzidos por alguns membros da rede.

Moscovo, Bucareste, Budapeste, Estocolmo, Düsseldorf, Frankfurt, Palermo, Barcelona, Madrid são algumas das cidades representadas neste Festival, permitindo-nos assistir a obras de Homero, Molière, Goncearov, Strindberg, Brecht, Ionesco, Landolfi, Tennessee Wiliams, Einar Schleef, Sarah Kane, Emma Dante.

Da extensa programação do festival, destacamos obviamente a produção nacional que nos dias 12 e 13 de Novembro tem o seu ponto alto com a subida ao palco, às 21h30 no Teatro Nacional de São João, da peça “Figurantes” de Jacinto Lucas Pires com encenação de Ricardo Pais, um dos nomes mais importantes do teatro nacional. Nos dias 24 e 25 de Novembro é a vez da companhia do Teatro Nacional de São João apresentar “Anfitrião” de António José da Silva.

Dos restantes dias do festival, existem muitos motivos de interesse de companhias europeias de teatro conceituadas como é o caso da companhia de Teatro de Moscovo que traz a Portugal um capítulo da Ilíada de Homero nos dias 22, 24, 25 e 27 de Novembro, neste caso o XXIII. Também no Teatro Carlos Alberto, mas no dia 13, será a vez da companhia de Teatro Garibaldi de Palermo com a peça “Palermu” de Emma Dante.

No Rivoli, os destaques vão inteirinhos para a companhia Teatrul Bulandra, de Budapeste, que apresenta ao público do Porto “Oblomov” de Michaela Tonitza Iordache, nos dias 26 e 27 de Novembro.

A produção teatral germânica está também representada neste festival, com duas peças agendadas para o Teatro Helena Sá e Costa. Entre os dias 13 e 15 de Novembro estará em cena “Die Glasmenagerie” (O jardim Zoológico de cristal) de Tenessee Williams e “Zerbombt” (Ruínas) de Sarah Kane da responsabilidade da companhia Schauspielfrankfurt. Nos dias 19 e 20 é a companhia de Düsseldorf que sobe ao mesmo palco para apresentar “Gertrud” de Einar Schleef.

Paralelamente, o Espaço Maus-Hábitos acolhe de 12 Novembro a 5 de Dezembro das 12h às 2h leituras, actuações, concertos e djs. Este será o espaço de encontro entre o público e os artistas de diferentes partes do Mundo, com o objectivo de criar uma comunhão entre culturas em redor do teatro.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This