Restaurante_Puro-7311 (FILEminimizer)

Puro, um restaurante, duas personalidades

Uma destas noites visitámos o Puro, no centro de Lisboa, restaurante de índole saudável, aberto deste 2016 e que apenas abria ao almoço.

,

Com uma personalidade nova durante os jantares, este novo horário permitiu criar uma nova carta (a cargo do Chef António Amorim) bem como uma nova personalidade, mais boémio, noctívago, onde a carne ganha um novo destaque.

Quem já frequenta o Puro sabe que o restaurante veio facilitar a vida a quem quer viver e comer melhor, especialmente à hora de almoço, onde muitas vezes o tempo não impera na nossa rotina quotidiana. Este é um espaço para refeições rápidas e saudáveis, e agora um restaurante diferente de noite, sem preocupações ou dietas regradas. Excelente para uma noite com os amigos! O atendimento é bom, os empregados preparados e dispostos a ajudar com toda a informação que necessitamos para uma refeição perfeita.

Começamos o jantar com um cesto de pão (2,20 €), umas azeitonas marinadas, muito bem executadas (1,50 €) e uns deliciosos croquetes de novilho, 100 % carne de vaca, como nos explicaram, e garanto que eram de facto um dos melhores exemplares que já saboreei, cremosos, ricos em carne e sem vestígios aparentes de farináceos (1,50 € unidade).

Seguiu-se um bem pica-pau onde temos novamente de elogiar a carne, tenra e envolvida num guloso molho juntamente com pimentos padrón (4,80 €). Seguiu-se o Risotto de Francesinha, algo que para além de intrigante parecia ser uma combinação improvável, mas que acabou por funcionar num arroz cremoso, com bacon e queijo, para além de molho de francesinha (12,50 €).

Ainda com vontade de explorar esta nova faceta do Puro e do Chef António Amorim pedimos a Francesinha Puro (11,90 €) e o Entrecosto de Porco 24 horas (14,00 €). A francesinha recheada com cogumelos Portobello e aros de cebola fritos, para além dos tradicionais ingredientes como o queijo, fiambre ou o bife de novilho (mais uma vez esta carne era de bradar aos céus!), sendo boa e bem confecionada em termos de apresentação e de molho, devo confessar que os aros de cebola não me atraíram. O Entrecosto era, e espero que continue, fenomenal. A carne suculenta, perfeitamente cozinhada e muito bem acompanhada de batata frita e chips de mandioca.

A refeição foi acompanhada por um potente mojito (6,5 €) e vinho branco a copo, da casa Brejinho da Costa (2,90 €).

Terminámos a nossa refeição com o afamado Pastel de Feijão (4,50€) do Chef Amorim e um bolo de chocolate sem açúcar (4,5 €). E por fim despedimo-nos a pensar para quando será o nosso retorno. Certamente que não poderá estar distante.

 

Puro – Restaurante
Rua Luciano Cordeiro
Nº 74 A
1150 – 217 Lisboa

Horário:
Segunda a Quinta, das 8h às 22h
Sextas e Sábados, das 8h às 23h

Galeria

 

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This