tiago galo1

Quando a Ilustração Portuguesa se difunde em outras áreas

Desde revistas nacionais e internacionais, passando pela área da música ou pela exposição de artes, cada artista escolhe o seu caminho e o que faz mais sentido para a sua arte; cada um consegue o seu próprio destaque.

Os 5 portugueses mencionados neste artigo não são exceção e conseguiram o destaque nas suas áreas com muito esforço. Encontrará alguns artistas na área musical, editorial e, outros, que fizeram a junção de várias artes que os representam.

Curioso acerca destes profissionais? Conheça cada um destes artistas portugueses, a sua ilustração contemporânea e inspire-se para seguir em frente com a sua própria arte.

5 ilustradores contemporâneos e portugueses que deve conhecer

Tiago Galo

Tiago é um ilustrador que se encontra sediado na capital portuguesa. A sua atuação teve início em pequenos projetos – como fanzines e exposições –, ainda antes de terminar o curso que frequentava na altura.

Já em 2011, Tiago Galo conquistou o prémio de melhor humorista na competição Amadora BD, e em 2014 concluiu o curso de Direção de Arte na Edit Creative School, também esta em Lisboa. Após algum tempo a trabalhar em outra área, decidiu voltar à ilustração, na qual trabalha atualmente enquanto freelancer.

Nos dias de hoje o seu trabalho ganha destaque em revistas conhecidas, como National Geographic e Financial Times. Lançou, ainda, um livro designado “No color? No fun.” com a editora criativa – No Frame Publishing.

António Alfarroba

António é arquiteto e fotógrafo, sendo esta última uma paixão sua desde os tempos em que era estudante. Recentemente esta atividade fotográfica tem ganho espaço na sua vida através da prestação de serviços, em especial nas áreas de arquitetura, decoração e eventos sociais.

Os seus trabalhos podem ser encontrados no Flickr.

A ilustração também começou a ganhar lugar e é muito comum encontrar trabalhos seus de concertos em tempo real – sem dúvida, algo que distingue o artista.

Joana Mendes

Design gráfico e projetos editoriais é uma das formações de Joana, terminada na cidade do Porto. Após a formação, colaborou com uma startup que se focava no setor da saúde, começou a focar-se em ilustração digital e motion graphics e colaborou na criação de um jogo.

Os projetos continuaram em Londres.

Atualmente colabora numa plataforma digital que combina ilustração e cultura, nomeadamente a cultura musical, permitindo a descoberta de novos talentos.

João Maio Pinto

Ilustrador português e músico que ganhou grande destaque devido a trabalhos de grande exposição pública, nomeadamente capas de jornais e revistas conhecidas. Alguns exemplos são a Adweek Magazine, o jornal Commercial Observer, a Blimunda Magazine ou o jornal Dinheiro Vivo.

Este artista também recebeu destaque pela ilustração do palco Antena 3 no famoso evento Super Bock Super Rock.

O artista tem um website próprio onde expõe todo o seu trabalho de ilustração contemporânea. Este é um excelente ponto de encontro caso queira saber mais sobre o ilustrador português e sobre o trabalho em que tem participado.

Ana Gil

Sediada em Lisboa, Ana Gil é uma ilustradora portuguesa que se ocupa com o desenho de pequenos momentos ou aspetos da sua vida diária. Sendo uma entusiasta de poesia, viagens e comida, estas paixões costumam refletir-se em alguns dos seus trabalhos.

Atualmente a artista colabora com revistas e tem alguns trabalhos em livros, ilustrações para capas de discos e outros projetos.

Quais as áreas de atuação de um ilustrador?

A ilustração, atualmente, não tem uma área de atuação, muito pelo contrário, algo tão básico como uma embalagem pode necessitar de um ilustrador. Sendo assim, não se pode dizer que exista uma área na qual o ilustrador deva manter o seu foco.

No entanto, algumas áreas têm sido marcadas pelos ilustradores portugueses, nomeadamente a área musical e editorial, de acordo com os ilustradores mencionados acima. Deste modo é muito comum encontrar trabalhos de ilustradores em capas de discos e cartazes de concertos ou capas de livros, revistas ou jornais.

Claro que este é um dos caminhos possíveis; como artista deve criar o seu de acordo com a sua própria arte.

Estes são apenas alguns dos ilustradores que têm marcado Portugal com as suas artes. Inspire-se nestes artistas e siga em frente com a sua própria arte no nacional ou para lá dos limites de Portugal.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This