Receita para Me Ouvires

António Lobo Antunes falado.

O mm, Café do Teatro Maria Matos, recebe, até 29 de Julho, a peça “Receita para me Ouvires” baseada em contos do escritor português António Lobo Antunes. Um projecto executado a várias mãos, estando a interpretação a cargo de Cátia Pinheiro, Hugo Sequeira e João C. Araújo que juntamente com Flávia Gusmão e Vítor D’Andrade são responsáveis pela criação colectiva deste trabalho.

Porque um teatro não começa e acaba na sua sala principal, “Receita para me Ouvires” é levada para um espaço privilegiado de convívio, o café, que a partir da meia-noite se transforma em sala de ouvir. Com a extensa janela de vidro do mm Café como pano de fundo, algumas mesas e cadeiras, e uma tela de projecção de vídeo, que tem como elementos cénicos as palavras de António Lobo Antunes, estas são interpretadas e servidas a dois passos do público.

Durante quase uma hora, situações, mais ou menos portuguesas, personagens, mais ou menos inquietantes, e acontecimentos, mais ou menos reconhecíveis desfilam pelo café do Maria Matos… Como a família do Seat Ibiza que passa os fins-de-semana no centro comercial, a mulher que detesta os semáforos porque a levam à ruína, o homem que desespera com uma botija que não lhe aquece a água ou aquele que acha que Portugal é um pais de uma só nota musical… o dó! Frente a frente, actores e público, enfrentam-se e ouvem-se, reagem e esperam reacção, estão tão perto, mas certamente muito longe de conseguir que as palavras de Lobo Antunes soem tão bem em palco como escritas.

A intercalar cada um dos quadros, uma belíssima projecção vídeo de imagens que nos transportam para o passado e uma banda sonora que vai cosendo as linhas desta aparente manta de retalhos que é “Receita para Me Ouvires”. E como se trata de ouvir, todos os dias um convidado especial pára a sala, senta-se, olha o público nos olhos e lê aquele que é, dos contos de Lobo Antunes, o seu preferido. E naquele momento mágico, em que a palavra toma de assalto o centro da sala, lembramo-nos como é bom quando nos lêem uma história bem escrita.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This