reentre_zdb

Reentré ZDB

700 Bliss, Kara-Lis Coverdale, No Age, JASSS, Lean Left, Steve Gunn, FIRE! de Mats Gustafsson, Tzusing e Filipe Sambado são os destaques da rentrée da ZDB

A 5 de Setembro de 2018 a ZDB reúne, numa sessão apenas, um conjunto de artistas cujo universo se liga pela sua criatividade, discurso e capacidade de acrescentar ao que já existe. 700 Bliss (duo de Filadélfia que une a poesia de Moor Mother aos beats da produtora de New Jersey Dj Haram), Kara-Lis Coverdale, nome maior da produção electrónica contemporânea, e Van Ayres que regressa finalmente ao Aquário após uma actuação memorável no ano transacto. Todos estes representam vitalidade no panorama actual da criação musical é com eles que a ZDB quer celebrar o início da temporada 2018/2019.

No dia 8 Filipe Sambado regressa a casa para uma ode à amizade, num concerto dividido em duas partes: na primeira interpretam-se temas dos diversos projectos da banda (Primeira Dama, Alek Rein, C de Crochê), prosseguindo a noite com um concerto em banda de Filipe Sambado & Os Acompanhantes de Luxo num espetáculo transversal que celebra o novo disco e algum do repertório mais antigo.

O músico Remna que acabou de chegar de Cabo Verde, apresentará, na noite que se segue, a sua música a solo pela primeira vez em Lisboa. Traz consigo duas convidadas muito especiais Sara Tavares e Tété Alhinho.

Snares Like a Haircut (Drag City) é o novo disco dos No Age. São doze canções banhadas pela languidez sónica dos My Bloody Valentine, pela leveza musical da Kranky, pela sensibilidade polifónica de uns Black Dice, de uns Animal Collective ou de uns Deerhunter. A sua música adequa-se bem a estes tempos fragmentados, liquefeitos, mas a fim de os transcender nas canções e, sobretudo, nesse momento de pura performatividade que é o concerto. Assim será a noite de 11 de Setembro, que conta ainda com actuações dos britânicos Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs e dos portugueses Sun Blossoms. Rock feito de novo, alegria dos corpos e dos espíritos.

A 13 de Setembro JASSS apresentará o trabalho desenvolvido em residência de criação artística na ZDBem colaboração com o Matadero Madrid. O seu trabalho tem como foco a experimentação de som e de espaços, trabalhando em vários projectos, incluindo peças electroacústicas, concertos e performances audiovisuais. Nos dois dias que imediatamente se seguem (14 e 15 de Setembro) a ZDB apresenta 2 dias com Lean Left de Ken Vandermark, Terrie Ex, Andy Moor e Paal Nilssen-Love. O super grupo irá apresentar-se em formações variáveis e com a presença de vários músicos locais ainda por confirmar.

Durante este mês haverá ainda tempo para a estreia nacional do duo formado pelo guitarrista Steve Gunn e o baterista John Truscinski (19 de Setembro) e no dia 28 do mesmo mês escutar-se-á no Aquário ‘Volume VI – The Sun Rises In Your Tummy & Other Christmas Illuminations’o novo álbum de Filipe Felizardo & The Things Previous. Esta apresentação corresponde simultaneamente ao lançamento do novo disco e ao fecho da residência iniciada em 2017, partindo de uma banda base formada por Filipe Felizardo e por Tiago Silva nas guitarras, Gabriel Ferrandini e Raphael Soares na percussão e André Gonçalves nos sintetizadores, com design de luz de António Júlio Duarte. É acima de tudo uma celebração de amor.

Setembro termina com a apresentação de ‘Punk Academics’ o novo disco dos Cave Story, força frenética incontornável das Caldas da Rainha.

Em Outubro, fogo ao rubro, dia 5 há FIRE! Estreia na ZDBda super banda liderada pelo saxofonista Mats Gustafsson com Johan Berthling e Andreas Werlin. Dia 17 o produtor de techno que está a gerar ondas em todo o mundo Tzusing actua pela primeira vez em Portugal. O melhor da folk chega nos dias 24 com Meg Baird & Mary Lattimore (que interrompem a tour com Kurt Vile para esta actuação) e 26 com Olden Yolk novo projecto de Shane Butler (Quilt) com Caity Shaffer.

A estes nomes juntam-se os já anteriormente anunciados Ryley Walker (22 Novembro) e Kikagaku Moyo (3 de Dezembro).



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This