rdb_ridley-and-dowse_i01

Ridley and Dowse

“We’re very concerned with creating beautiful things with as little cost to human rights and the environment as possible” - Dowse

Uma boutique de jóias e diversos acessórios liderada pela designer de joías e acessórios Vivienne Ridley e a designer de estampagens Susannah Dowse. A sua linha inclui jóias de aço e latão numa corrente de prata esterlina, decorações de bolos, marcadores de livros, postais, decorações de natal, porta-chaves, canecas e faixa de algodão orgânico estampado. A estampa “Glider” está disponível em duas cores em canecas e fronhas de almofadas de algodão orgânico e malas. Além de terem tecido à venda ao metro!

Vivienne Ridley, inglesa, sempre se sentiu inclinada para o design. Desde os estudos, a desenhar e produzir joalharia durante 10 anos, com materiais preciosos e não preciosos, ganhou bastante prestigio nacionalmente e internacionalmente e vendia jóias a grandes retalhistas e várias boutiques independentes. Agora vive no sul de Inglaterra e além da Ridley e Dowse também desenha para a TRAID (Textile Recycling for Aid and International Development) produzindo acessórios em cabedal reciclado.

Susannah Dowse nasceu em Berlim e foi criada na Alemanha e depois entre Inglaterra e EUA. Obteve a sua licenciatura em Belas Artes em Brighton mas depois virou-se para a moda e design de padrões. Produziu chapéus por medida para grandes personalidades, foi designer principal para a condecorada marca TRAID, onde trabalhou com Ridley e se conheceram. Deparando-se com os mesmos gostos e ideias estéticas, perfeitas e de ética do produto, decidiram fazer uma dupla criativa para explorar este lado ambiental e mais humano. Fundaram a Ridley & Dowse, com ambos seus últimos nomes, em 2008. Não ficaram por aí, tornaram-se organizadoras do mercado de arte e design de Brighton, The Assembly Room.

A sua ética de trabalho consiste em produzir belas peças com o menor custo para os direitos humanos e com o menor impacto ambiental possível. “We believe that the beauty in an object comes in part from how it is made and by whom.” Desta forma, asseguram-se de que não enviam os seus designs para alguma fábrica no meio de nada, certificando-se de que ninguém é explorado para benefício da empresa. Preferem usar negócios locais com pessoas que conhecem, e são justamente pagas pelo seu trabalho, e não gastar milhares de milhas para que os produtos cheguem até aos seus clientes. A eficiência é também essencial de forma a minimizar o desperdício e solucionam os materiais mais responsáveis. Se tiverem uma ideia para um produto e não conseguirem encontrar uma maneira responsável para o realizar, simplesmente não o fazem.

Ambas encontram a beleza da moda na natureza pela qual é criada, do que é criado e por quem. Este pensamento orgânico consegue estar muito presente nos seus últimos designs. Lançaram uma linha de acessórios de aço e latão que mostra o efémero minimalista da marca; tornar as peças extravagantes. Este toque de complexidade despretensiosa e detalhes também podem ser encontradas em colecções da marca de produtos para casa, decoração e produtos de papel.

Esta dupla pretende manter-se centrada no Reino Unido, mas os planos de expansão da marca para outras áreas de design e o globo parecem ilimitados. Podem adquirir os produtos através do site.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This