Roni Size

O DJ e produtor britânico regressa a Portugal no próximo dia 25 de Maio para actuar no Hard Club, no Porto.

O Hard Club, no Porto, recebe no próximo dia 25 de Maio Roni Size, dj e produtor britânico de drum n’ bass, para promover o seu mais recente trabalho, intitulado «Return to V», editado pela V Recordings. Esta será a terceira visita do britânico a Portugal, depois de ter actuado em 1998 no festival Blue Spot e no festival Ilha do Ermal em 1999. Para além da actuação de Roni Size, a noite contará com a actuação do MC Dynamite e dos dj’s portugueses Nuno Forte e Bastian.

Roni Size é actualmente um dos mais respeitados nomes da cena jungle inglesa. Apesar de não ter tido a rápida ascensão que artistas como Goldie ou LTJ Bukem mereceram, a sua influência como produtor, dono de uma editora e dedicado activista da cena underground creditam-no como um dos pioneiros da sua área, algo que o sucesso do seu primeiro álbum, “New Forms”, veio confirmar.

Filho de pais jamaicanos, Roni cresceu nos subúrbios de Bristol onde aprendeu o essencial do hip hop nas discotecas e festas privadas locais. Expulso da escola ainda adolescente, Roni aderiu ao Basement Project de Sefton Park, que permitia aos jovens da zona que experimentassem baterias, samplers e mesas de mistura o que o iniciou na produção de house e reggae na década de 80. Na década seguinte, conheceu DJ Krust, Suv e DJ Die no Festival de Glastonbury, criando uma amizade que haveria de resultar no nascimento da editora Full Cycle, Where’s the Party At, a partir da qual nasceu a Full Cycle e a Dope Dragon em 1993.

Muitas vezes imitado, o som da Full Cycle é uma mistura original de jazz e soul com ritmos do jump-up e referências do worldbeat, cruzando as referências jamaicanas com a característica sonoridade bop da década de 50 e o som de Motown. Resultado: um som tão original e ritmado que poucos conseguem ficar encostados a um canto ao escutá-lo. A editora conta já com uma série de êxitos, onde se inclui “It’s a Jazz Thing” de Roni Size, “Jazz Note” de Krust e o EP Reasons for Sharing dos Reprazent, banda da qual Size é líder.

O sucesso que “New Forms” alcançou em 1997 lançou Roni Size para o topo da electronica. Com o ano seguinte a ser relativamente calmo, Size regressou em 1999 com um novo projecto, Breakbeat Era, juntamente com DJ Die e o vocalista Leonie Laws, trio que lançou o álbum “Ultra-Obscene” no Outono desse ano. Em 2000, Roni Size voltou para o projecto Reprazent lançando o álbum “In the Møde” mas, como não teve o sucesso que se esperava, decidiu regressar às produções a solo lançando em 2002 “Touching Down” e “Return to V.Size” já este ano.

O seu último trabalho, que terá apresentação no Hard club a 25 de Maio é a prova de que as capacidades de produção de Roni Size estão em constante mutação e adaptação aos tempos correntes. Conta com vários vocalistas, desde lendas como Beverly Knight e Jocelyn Brown até à mais recente geração de artistas da Full Cycle. Muitos dos artistas desta nova geração são também originários do Basement Project, a organização que lançou as fundações para que Size desenvolvesse o seu trabalho, à qual ele permanece ligado.

Os bilhetes custam 12,5 € comprados antecipadamente e 15 € no dia do espectáculo. A não perder, dia 25 de Maio no Hard Club no Porto.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This