rdb_tapasestrella_header

Rota de Tapas Estrella Damm

De comer e chorar por mais

,

É oficial: estamos mesmo naquela altura do ano em que os dias são mais compridos, o sol brilha e a vontade de ir para casa depois do trabalho dá lugar à absoluta necessidade de ir beber um copo antes de anoitecer. E para celebrar a vinda do tão esperado Verão (agora em versão sem chuva), a cerveja é mesmo a aliada perfeita…

Foi com tudo isto em mente que a Estrella Damm apresentou a nova edição lisboeta da sua já célebre Rota de Tapas, esta semana. Para quem não conhece, esta Rota alia 54 estabelecimentos espalhados por Lisboa, cada um com a sua tapa especial à espera dos mais curiosos. Quem as quiser provar só tem de pagar 3 euros e terá direito a uma tapa e a uma cerveja. A iniciativa decorre de 18 de maio a 5 de junho.

Rota das Tapas Estrella Dam

O evento aconteceu na Kitchen Under Creation e, durante a apresentação, foi possível degustar três das tapas que fazem parte das opções da rota da capital e que se inspiraram no tema deste ano: a fusão de sabores.

Presentes no certame estiveram o Prego da Peixaria, o El Clandestino e o recém inaugurado Boca Café.

rdb_tapasestrella_i02

O primeiro apresentou, para gáudio dos presentes, um excelente prego-tapa (que de tapa tinha pouco, tendo em conta o tamanho razoável da sande) assinado pelo chef Ivo Oliveira. Batizada de “Mini Motard”, o prego é composto por carne da vazia açoreana, chouriço de Barrancos, um ovo de codorniz, cebola e queijo, tudo isto envolvido por um delicioso bolo do caco. Ganhou a nossa mais merecida preferência (nem que fosse pelo tamanho!).

Rota das Tapas Estrella Dam

Uma aposta mais exótica foi apresentada pelo Clandestino que, pela mão do chef Fábio Sobral, ofereceu aos presentes outra farta tapa em forma de Quesadilla de Cogumelos e Flor de Courgette. A quesadilla estava embutida na tradicional tortilha de trigo e a ela eram acrescentados elementos como crocante de cebola, queijo oaxaca e creme fresh. Ah, e o guacamole também não não faltava, como é óbvio.
rdb_tapasestrella_i04

Finalmente, a aposta mais arrojada chegou pelo mais recente dos parceiros presentes: o Boca Café, sob a mestria do chef André Duarte, deu a provar a quem estava no evento uma tapa que levou à risca o desafio da fusão de sabores. De um lado do prato, o mar, representado numa uma bruschetta com guacamole e anchova marinada em vinagre de cidra; do outro, a terra, na figura de um ovo mexido com trufa branca e negra, tomate confitado, pasta de azeitona negra e chouriço.

rdb_tapasestrella_i05

Para além das tapas e, claro está, da cerveja, a edição da Rota de Lisboa ainda inclui viagens de tuk-tuk para quem for acumulando carimbos no seu mapa gastronómico (no Porto, há um autocarro para ajudar a cumprir todas as etapas). Ah, e este ano, pela primeira vez, a Rota de Tapas também está presente em Braga!

Rota das Tapas Estrella Dam



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This