Burrinhos, símbolo de Santorini_inside

Santorini – um destino de sonho

Há quem lhe chame a Ilha dos Apaixonados. Há quem diga que é um local gastronómico inigualável. E há ainda quem resuma e se limite a chamar, pura e simplesmente, paraíso. E razões não faltam

Em forma de meia-lua, Santorini é uma ilha especial, encantadora e romântica. É a maior de um pequeno arquipélago com o mesmo nome, que, por sua vez, pertence ao arquipélago das Cíclades, que engloba mais de duzentas ilhas. Santorini resulta da erupção de um vulcão em 1680 a. C. – há quase 3700 anos –, cujas ilhas em redor fazem parte de uma cratera que, na verdade, é a caldeira submersa do vulcão. Com 73 km2 de área e cerca de 15000 habitantes, Santorini destaca-se como sendo uma relíquia do mar Egeu, repleta de charme e de paisagens deslumbrantes. É o destino de férias ideal, quer para explorar sozinho, quer com amigos, família ou com a cara-metade.

santorini

No cimo do penhasco que ladeia a cratera, erguem-se as famosas casinhas caiadas de branco e com telhado azul, enfileiradas em ruelas estreitas e debruçadas sobre o mar, albergando varandas invejáveis. O cenário completa-se com cafés e hotéis em todo o redor, que permitem assistir a um pôr-do-sol único e maravilhoso.

santorini

Santorini compõe-se de várias regiões, sendo Fira, Oía, Kamari, Perissa e Perívolos as mais procuradas.

Fira é a capital da ilha e oferece uma vasta gama de lojas, bares e restaurantes com preços acessíveis, devido à elevada oferta. A encosta proporciona uma vista única sobre a caldeira e a própria região e, sendo o centro de tudo, fornece autocarros públicos com destino a outras partes da ilha.

Oía é o estereótipo das fotografias de Santorini: casinhas brancas com telhados azuis, ruas estreitas e vistas fabulosas. O seu romântico pôr-do-sol, em que as casas, todas coloridas, ficam banhadas por uma aura alaranjada, é uma das razões que leva muitos casais a procurar esta região, oferecendo uma vista absolutamente inesquecível.

Kamari, Perissa e Perívolos, ao contrário das anteriores vilas, são regiões de praia, e não uma encosta. Não podemos esperar as típicas vistas panorâmicas, mas não é por isso que a beleza deixa de existir. Os hotéis são mais baratos e a linha de costa enche-se de restaurantes, ideais para partilhar momentos únicos ao sabor da brisa marinha.

santorini

santorini

A 200 km de Atenas, na costa leste da Grécia, e acessível por ferry ou avião, Santorini não desilude quanto à oferta existente. É uma ilha que vive em função do turismo e da indústria do vinho, pelo que “onde ficar?”, “o que comer?”, “como circular?” e “o que fazer?” são perguntas com uma lista de respostas interminável.

Quanto ao alojamento, as escolhas recaem, normalmente, sobre Fira e Oía. Apesar de Oía ter o seu lado mais romântico, os preços são também superiores, mas pela ilha podemos encontrar pousadas familiares, albergues para campistas, vilas com jacuzzis ao ar livre e vista para o mar, e ainda luxuosos hotéis e SPAs com serviço e atendimento excelentes. A selecção pende, agora, no que mais convier à carteira de cada um.

santorini

A gastronomia é única e, embora haja alguns pratos idênticos pela Europa, o original tem sempre mais valor. Em Santorini encontram-se óptimos restaurantes e cafés, com comida agradável e preços razoáveis. As favas secas com cebola tostada, a beringela branca e os tomates-cereja são especialidades – faça questão de os pedir! Para poupar dinheiro, evite locais com demasiado movimento e, aparentemente, mais comerciais, e prefira restaurantes e tabernas junto às praias, em comunidades menores. Pode encontrar bons risotos, saladas e frutos do mar, e os vinhos (branco e tinto) merecem destaque, pelo que não deve deixar de experimentar.

santorini

No que respeita à locomoção, andar a pé é sempre uma boa opção. Todavia, pode ser necessário percorrer maiores distâncias, pelo que alugar um carro é uma opção viável: barato e cómodo. Quadriciclos, scooters ou bicicletas também estão à disposição, mais baratos mas também menos cómodos e mais vulneráveis às condições atmosféricas e geológicas da região.

Para além de algumas actividades já mencionadas, as praias – Preta, Vermelha, Branca, Vlychada, Amoudi, Monolithos, Baxedes, Pori, entre outras – são locais a não perder, e poderá sempre aproveitar para fazer mergulho e conhecer as profundezas do mar Egeu. Há quem sugira um cruzeiro com a duração de meio dia, que inclui uma visita às pequenas ilhas de Nea Kameni e Palea Kameni, localizadas dentro da caldeira, de fontes quentes com águas verdes e amarelas. No meio da cidade, são pontos turísticos, por si só, as ruas estreitas onde poderá apreciar vitrinas e observar o vaivém de turistas das mais variadas nacionalidades, e os cafés ao ar livre sobre a encosta, alguns apenas acessíveis por carros, teleféricos e burrinhos de transporte. Não deve desperdiçar a oportunidade de caminhar entre Fira e Oía ao longo da caldeira, e visitar museus, catedrais e vinícolas (abertas a visitas e degustação) deve constar no seu plano de tarefas para estas férias.

santorini

santorini

 

Santorini tem verões quentes e longos, daí a larga preferência das pessoas por esta altura do ano. No entanto, apesar de os invernos serem mornos e chuvosos – o que faz com que nem todos as atracções estejam disponíveis nesta estação –, lugares para relaxar e desfrutar são o que não falta nesta charmosa ilha em qualquer altura do ano.

santorini

Com toda esta beleza natural, e muita outra proporcionada pelo homem, Santorini constitui um destino turístico muito desejado por todo o mundo. As suas praias exclusivas, a própria disposição da cidade, e toda a sua riqueza gastronómica e cultural, atraem e continuarão a atrair milhares de pessoas todos os anos.

Ainda tem dúvidas?

santorini



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This