Sim City

“SimCity” | Análise

Desenvolvido pela Maxis e publicado pela EA, chega-nos a última entrada na série de SimCity

Mais uma vez em “SimCity”, somos o “Mayor” da cidade e é da nossa responsabilidade manter a felicidade dos habitantes para que a população cresça e atinja os números necessários para fazer melhorias ao “City Hall”.

Tal como nas edições anteriores, podemos criar áreas residenciais, comerciais e industriais. No entanto, este título traz-nos uma nova adição. Desta vez temos um objectivo maior, a especialização em diferentes áreas como a exploração de petróleo, casinos, ou o fabrico de bens específicos, e cada uma destas especializações leva a um conjunto de objectivos diferentes.

Continua a ser fantástico ver a nossa cidade evoluir, influenciada por diversos factores, e os nossos Sims ocupados com as suas rotinas diárias. Existem grandes melhorias nos sistemas de distribuição de energia e água que tornaram muito mais fácil e agradável a construção da cidade. A rede de abastecimento é distríbuida agora pelas estradas, que por sua vez podem finalmente ser curvas.

Sim City  Estradas com curvas… Yupiiii

Enquanto ”Mayor” podemos monitorizar tudo o que se passa na cidade a partir dos novos painéis de informação, desde a felicidade dos Sims às zonas mais poluídas, para melhorar, sempre que precisamos, o bem-estar dos nossos habitantes.

Mas de todas as novas adições a mais importante é sem dúvida o sistema online. A nossa cidade é agora construída online e os nossos vizinhos são outros jogadores. Podemos fazer trocas de energias, serviços públicos, abastecimentos, trabalhadores e até Simoleans (moeda do jogo).

Embora interessante, o sistema online traz algumas limitações. A construção da nossa cidade é limitada a uma área, o que dificulta muito as coisas quando esta começa a crescer para lá dos 90 mil habitantes; a falta de espaço começa a ser um problema impossível de resolver, para não falar do limite imposto à criatividade do jogador.

Sim CityA cidade da RDB… tinha que ter uma central nuclear.

A intenção da nova versão do SimCity seria incentivar a partilha de recursos entre jogadores, mas na prática ainda deixa um pouco a desejar. Infelizmente, depois do lançamento de “SimCity” os servidores estiveram em baixo durante algum tempo, e quando voltaram muitas funcionalidades do jogo foram desactivadas, como por exemplo o acelerador Cheetah que, segundo os peritos, exigia demasiado do servidor. Outras funcionalidades requerem ainda um melhor aperfeiçoamento, uma vez que o sistema é algo complexo e torna difícil a tarefa de apurar o problema.

Este é sem dúvida um dos melhores (se não o melhor) e mais completos simuladores de cidades criados até hoje. Apesar dos problemas apresentados, que certamente serão abordados em futuras actualizações, temos aqui um jogo capaz de vos prender por horas a fio.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This