Ska-P @ Hard Club (02.03.2013)

Ska-P @ Hard Club (02.03.2013)

Noite de ska aquece o Porto

Ontem à noite o Hard Club recebeu os Ska-P no seu regresso a Portugal, quatro anos depois de se apresentarem ao público nacional na Festa do Avante, também acompanhados pelos portugueses Skalibans na primeira parte. Nesta que foi a primeira data da tour de apresentação do novo disco “99%” (a ser lançado no dia 5 de Março de 2013), eram muitos os que já tinham as letras destes novos temas bem memorizadas.

Em dia de derby azul e verde, a cor predominante no Hard Club era o vermelho. Muitos espanhóis juntaram-se aos também numerosos portugueses que afastaram o frio que se sentia na rua. Sombras da manifestação pairavam nas ruas e a banda espanhola, com a consciência política que os define, não deixou os presentes na sala esquecer os seus ideiais, partilhados bem alto pelo público.

O concerto começou com «Full Gas», um dos três temas novos que foram apresentados ao longo das quase duas horas de concerto. O ska-punk dos espanhóis encheu as medidas de todos os presentes da sala: viajaram com sucesso entre os temas mais dançáveis e animados e os temas mais agressivos e de cariz revolucionário. Mais uma vez, como aconteceu em 2009, não se concentraram num só álbum e, mesmo estando a apresentar um disco novo, a enorme maioria do concerto centrou-se nos temas mais populares, traçando uma cronologia desde “Vals del Obrero” (1996) até ao novo “99%”. O primeiro momento alto da noite chegou com «Consumo Gusto» (de 2002), que pôs toda a gente a dançar e cantar, ditando assim o ritmo de todo o espectáculo. Nos temas novos, a atenção e ânimo eram notoriamente menores, o que ajuda a entender o porquê de só terem tocado três músicas deste novo trabalho.

Como é já habitual nos seus concertos, usaram e abusaram de máscaras e figurinos e aproveitaram a maior parte dos momentos em que não estavam a tocar para criar um ambiente de brincadeira e festa entre os membros da banda e a audiência ou para fazer uma contextualização social e política dos temas. Com «Vals del Obrero» veio o momento que melhor definiu o ambiente de união que se sentiu nessa noite, com o Hard Club a cantar em uníssono. «Gato Lopez» fechou o alinhamento da noite em festa.

Os almadenses Skalibans mostraram que são um nome a ter em conta, com um som influenciado pelo ska/ska-punk norte-americano, com passagens a pairar o reggae ou o rock, e conseguiram animar e preparar o público eficazmente para o concerto que se seguiu.

Fotografia de Rita Sousa Vieira



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This