MAT_0360

Solidó

Um brinde à boa cozinha portuguesa!

Lisboa abre os braços a um novo restaurante. Mas este não é mais um espaço trendy e com pretensões exageradas. Petiscos e cozinha tradicional portuguesa, bem no coração da capital, que sabem a comida caseira num ambiente que respira artes de palco. Curioso? Chama-se Solidó, fica no número 35 da Calçada do Duque e é uma bonita homenagem ao espectáculo e à gastronomia nacional.

MAT_0357

Inspirado na revista, no cinema e no teatro, o Solidó é um espaço cuidado mas descontraído que convida a provar a cozinha tradicional com uma apresentação diferente e mais apelativa. Mas não se iluda: é comida portuguesa como ela é, com todo o sabor que lhe conhecemos, mas adaptada a um estilo mais moderno. Quem nos confidencia é Margarida Moura, a cozinheira e proprietária do restaurante que nos conquistou logo à primeira vista com o seu sorriso largo. Há quanto tempo não come um bom pastel de bacalhau (verdadeiro), um bacalhau com broa como o das nossas avós ou uma mousse cremosa? O Solidó é o sítio certo para voltar a comer o que temos de melhor.

Neste jantar, fomos aconselhados por Ricardo Carvalho, o jovem que assume a gerência do espaço e que faz as honras da casa. Para começar, sugeriu-nos que provássemos um porto tónico (6,5€) enquanto entretíamo-nos com o couvert. Bem refrescante e que acompanhou na perfeição com os bolinhos (ou pastéis) de bacalhau com escabeche de cebolada (5€). Tão cremosos que se desfazem na boca, nada oleosos e o escabeche a dar vida ao palato.

MAT_0375 (1)

Os croquetes de alheira com o molho de manjericão (5€) também não lhe ficam atrás. Sabor, frescura e crocância no seu esplendor.

MAT_0380

Sardinha no pão. Há lá petisco português mais famoso que este? Mas nem só de brasas vive a sardinha. Esta é de conserva com molho de pimento assado, uma boa entrada fria para refrescar a sequência dos petiscos fritos anteriores.

MAT_0389

CORTA! Pára tudo! Chegou-nos à mesa um maravilhoso queijo de cabra assado no forno com compota de tomate, avelãs e pão torrado aromatizado com azeite (7€). O ponto alto das entradas. É tão bom que chega a ser difícil escrever sem salivar. Absolutamente delicioso.

MAT_0381

Como pratos principais, provámos o bacalhau com broa de milho e batata doce (12€). O bacalhau é suculento, lasca e confeccionado no ponto. A batata doce é a guarnição perfeita. Um aplauso para este prato!

MAT_0405

Depois, bochecha de porco preto com arroz de forno e legumes baby (12€). Desfaz-se na boca, o tempero é bem apurado e o arroz aromatizado com ervas é simplesmente delicioso.

MAT_0403

Por fim, uma sobremesa para rematar. Um trio de mousses (5,5€) de manga, chocolate e lima. Fresca, doce e ácida. Tudo isto ao mesmo tempo, com muito prazer.

MAT_0410

Palavras para quê? Ficámos fãs deste cantinho confortável e tranquilo bem no centro de Lisboa. A cozinha portuguesa está de boa saúde e recomenda-se e o Solidó só tem bons motivos para acreditar que será um restaurante de referência na capital. Basta continuar com a autenticidade que imprime aos seus pratos, a arte de bem receber e um grande amor aos sabores nacionais. Bravo, Solidó!

MAT_0418

Fotografia de Ricardo Freire Mateus

Calçada do Duque, 35, Lisboa
21 343 3024
Aberto todos os dias das 12h às 00:00h



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This