Sommelier Lisbon

Sommelier Lisbon

Inovador e prometedor.

No passado Sábado, decidi experimentar o Restaurante Sommelier Lisbon, para mim, que sou um apaixonado por esta comunhão inventada pelos Deuses, entre comida e vinho, este restaurante tinha um nome tão promissor e apelativo que tinha de o visitar.

Mas vamos ao que interessa, restaurante com um visual bastante apelativo, mais formal do que informal, diria mesmo, um local ótimo para impressionarmos quem quisermos…

Chegado à mesa, optei por alinhar no menu de degustação, com o objetivo de ter uma maior abrangência da cozinha, nestas coisas, ou vamos com tudo ou não vamos, simples! Menu de degustação composto por 6 pratos (Tártaro de salmão; Salada de Cordeiro; Bacalhau fresco; Magret de Pato; Papo de anjo; Brownie de vinho do Porto), por um preço de 55€ e ainda temos a opção de escolher 3 experiências de vinho (Classic 30€; Premium 50€; Deluxe 70€), onde aquilo que difere é a qualidade de vinhos propostos para casarem na perfeição com as iguarias que nos são apresentadas.

Sommelier Lisbon

Muito sinceramente, a comida não está má, não é um tipo de cozinha que nos irá impressionar e colocar-nos a viajar no Planeta Zion dos sabores…não é! Aquilo que mais me impressionou até foi o Tártaro de salmão que estava mesmo muito bem feito, restante, pode-se dizer que é mediano, o que fica fácil de concluir que o preço do menu de degustação é exagerado para a qualidade apresentada.

Sommelier Lisbon

Mas aquilo que mais difere neste restaurante é o conceito inovador da experiência do vinho…passo a explicar, cada cliente recebe um cartão, onde o mesmo serve para ter acesso à montra de todos os vinhos que constam na carta e atenção que estamos a falar de mais de 80 vinhos…expostos para nosso consumo…haja cartão, neste caso de crédito, ou débito…tanto faz. Nessa montra temos 2 hipóteses de escolha, a prova ou o copo cheio, o apreciador pode provar 25ml de determinado néctar ou deliciar-se com 125ml, obviamente o que difere são os preços.

A grande vantagem deste espaço, diria mesmo a variável diferencial, é o facto de não estarmos dependentes da escolha que fazemos no início de qualquer jantar a que nos dispomos fazer num restaurante dito “normal”, ou seja, prevalece sempre o mesmo dilema…escolhemos uma garrafa de branco ou tinto? Então se escolhem diferentes proteínas animais…está tudo estragado…lá vou eu comer um prato de peixinho com um belo tintão…

Aqui, não se passa nada disso, é um hino à liberdade! Somos livres na escolha e durante todo o jantar podemos escolher o que queremos… temos a opção de degustarmos diferentes vinhos ao longo da refeição. Para quê estarmos preocupados se escolhemos um branco ou um tinto no início da refeição? Escolhemos todos…escolhemos branco, rosé, tinto, Porto, venha tudo que eu vou de táxi para casa, ou Urber, para ferir suscetibilidades…

Em suma, excelente espaço para apreciadores de vinho, com um conceito inovador e prometedor!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This