Sónar 2014 | Sónar+D

Sónar 2014 | Sónar+D

Não só de música é feito o Sónar!

Não só de música é feito o Sónar! A plataforma Sónar+D, apenas presente do Sónar by day, trata-se um espaço internacional de conferências criativas e tecnológicas que, cada vez mais, se assume como um importante espaço de promoção de talentos e negócios da arte digital.

O Sónar+D é por definição um espaço interdisciplinar e com programas sectoriais que tem como público-alvo profissionais criativos na área da tecnologia com vontade de partilhar, debater e discutir os seus talentos com o objectivo de criar novos negócios. Colaboram mais de 1600 empresas, 50% delas relacionadas com a música, sendo as restantes divididas em sectores da tecnologia, marketing, media e universidades. É composto por três grandes áreas: o MarketLab, o AppCafe e o SónarCinema.

No MarketLab estavam expostos os mais notáveis projectos criativos de laboratórios, universidades e companhias pioneiras de arte digital. Podemos destacar empresas como a littleBits, especializada na construção de mini sintetizadores, que ao se conectarem entre si exponenciam as suas ligações. Ou a SubPac, que ofereceu uma experiência que Richie Hawtin definiu como “wearable”, que traduzindo dá qualquer coisa como “usa-se” ou mesmo “que pode trazer-se”. Basicamente trata-se de um dispositivo do tamanho do iPad adaptável a uma mochila – estava colada a uma cadeira na exposição – que transmite vibração ao longo da coluna vertebral, e é sincronizada pela batida dos headphones; quanto mais se aumenta o volume mais a vibração dispara! Traduzindo para miúdos, o aparelho permite dar ao utilizador a sensação/vibração de estar num club enquanto ouve música na rua, ou em casa. A Impossible mostrou também uma proposta arrojada, fazendo revelação em formato Polaroid, em segundos, de fotos de um iPhone num gadget pouco maior que uma máquina descartável.

Na AppCafé ocorreu uma selecção das Apps mais inovadoras e criativas do ano. Destaque para a apresentação pela Universal Everything da App PolyFauna conhecida como a App dos Radiohead, que teleporta o utilizador para um ecossistema de árvores, animais e paisagens lembrando a realidade exibida em Avatar, acompanhado por efeitos sonoros retirados de samples de “King of Limbs”, álbum de 2011 da banda de Thom Yorke.

A 1000 Hands também da Universal Everything convida a desenhar uma forma num tablet que é automaticamente projectada num LED semi-circular em torno do utilizador. O desenho criado, automaticamente começa a ganhar vida e cores ao ritmo da música da sala.

A Audiosnaps promete alterar o formato convencional da fotografia no smartphone. A proposta da App, criada para iOS e Android, é a captura de uma fotografia em formato JPG adicionando à foto cinco segundos de som. Para trás fica a velha máxima de que uma fotografia fala por si só.

No SonarCinema o documentário “Beatz”, produzido por Eduardo de la Calle, filmado em Berlin, Tokyo, Barcelona, NYC e Amesterdão, sintetizou em 72m o panorama da dance scene actual e o paradigma da era digital. A Resident Advisor realizou um pequeno documentário em Tokyo a relatar a lei conhecida como “fueiho” imposta no Japão desde 2012. Esta lei ridícula proíbe a dança em espaços inferiores a 66 metros quadrados, e que não sejam openspace. Esta lei, para além do impacto social, está a afectar a dance scene nipónica, provocando uma crescente dificuldade dos DJ´s, promotores e clubs em fazer chegar a música ao público. Este documentário relata as iniciativas que estão a ser criadas para contornar esta lei imposta pelo governo. A RA apresentou outro documentário em parceria com a RBMA intitulado “New York: Real Scenes”. Este curto filme relata a decadência da dance scene de Manhattan, depois dos populares 80´s e 90´s, berço da disco e hip-hop; o capitalismo tomou de assalto a baixa da cidade e os artistas tornaram Brooklyn o novo epicentro da cultura musical. Clubs míticos como o Paradise Garage, Limelight e Twilo foram substituídos por lofts e festas em casas particulares neste condado que abriga cerca de 30% da cidade.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This