SteamWorld Quest

SteamWorld Quest: Hand of Gilgamech

Máquinas no tempo.

Como já seria de esperar destes produtores de videojogos, SteamWorld Quest é um turn based RGP onde podemos criar o nosso próprio baralho de cartas.

Isto é o jogo de uma forma muito básica digamos.

Este é dividido por capítulos, em que cada um deles introduz uma coisa nova, seja através do conhecimento de novas personagens que importam na história, seja através de cartas que encontremos ao longo do mapa, escondidas em baús ou dadas por NPC’s.

Com isto, podes esperar uma aventura com uma dificuldade gradual, mas não impossível, em que vão ser postos à prova as tuas capacidades de deck building e estratégia de forma inteligente e nada mecânica. As personagens jogáveis têm ainda a possibilidade de ser customizáveis, fazendo com que alargue ainda mais a experiência de jogo e que cada jogador experiencie uma nova aventura cada vez que inicie a mesma. Dependendo da personagem, podem ser alteradas: as luvas, a espada e, até mesmo, o livro, podendo assim dar mais ou menos dano e alterar a Chain Card. Para além disso, cada personagem também tem um role específico, seja ele de atacante, suporte ou mage.

O que é a Chain Card, perguntam vocês?

Ora, cada personagem tem a sua cor de carta, seja ela vermelha, verde… se, por exemplo, combinarem três cartas da mesma cor, é-vos dada uma quarta carta “de borla” com um efeito especial que apenas assim conseguem jogá-la.

Falando agora dos gráficos, o jogo pode tornar-se um pouco lento desde a forma como as personagens “correm” até ao desenrolar da história, tendo este jogo muitas paragens para a explicação da mesma.

A música também tem umas “notas” para dar, não ficando atrás da jogabilidade. Torna-se, porém, um pouco repetitiva.

 

Prós:

  • Turn based game inteligente e intuitivo;
  • Customização variada;
  • Design engraçado e colorido.

Contras:

  • Jogabilidade lenta, não só no combate, mas também no mapa.

 

Nº de Porta:

7/10



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This