20180203 NS 116_cred VeraMarmelo_preview

SUAVE lança «Perdido»

Nick deixa a nicotina e entrega-se ao português Suave

Nick Suave, que anteriormente se apresentava como Nick Nicotine, é o pseudónimo de Carlos Ramos. Criado na cidade do Barreiro começa a editar discos pela sua própria editora (Hey, Pachuco! Recs) a partir de 2000. Torna-se num músico dos sete ofícios entre voz, guitarra, baixo e bateria, em vários projectos (Nicotine’s Orchestra, The Act-Ups, Los Santeros, Bro-X, The Jack Shits, entre muitas outras). É, também, desde 2000 o diretor de um dos mais antigos e carismáticos festivais portugueses, o Barreiro Rocks.

Em 2008 abre o Estúdio King, no Barreiro, local de onde saem alguns dos melhores discos de rock and roll da última década.

Carlos Ramos, o homem do rock and roll alternativo português, apresenta-se aqui como “Português Suave”. O seu novo trabalho mostra-nos uma aproximação a universos sonoros que Nick Nicotine já tinha explorado no passado mas, desta feita, cantando em português direto e livre e, claramente, apontado aos corações. Com a sua voz característica, Nick canta aqui, neste projecto, uma variação perigosa entre a motown e o rock and roll. A sua música torna-se intemporal, mas com muita presença física em 2018.

Em 2018, lança-nos “Português Suave”, um autêntico desafio às suas capacidades: a escrita e interpretação em português. Nesta edição, Nick Suave traz-nos o rock and roll do século XX, com ritmos harmoniosos e o gingar das ancas como não se via há algum tempo.

Trata-se de um álbum com muito ritmo, alegre e bem disposto. Tem ainda alguns semblantes carregados de sentimentos como em «Meia-Noite». O single «Perdido» mostra-nos um Nick muito focado e feliz nesta nova experiência. Um dos valores a seguir neste 2018, a nível nacional.

O disco foi composto por Nick com a colaboração de Ricardo Guerreiro em algumas letras e gravado por Ricardo Riquier nos estúdios iá em 2017. A banda é composta por Nick Suave na voz, teclas e guitarra, Fred Ferreira na bateria (Orelha Negra, Buraka Som Sistema), Cláudio Fernandes no baixo (Pista, Nada-Nada), Ernesto Vitali na guitarra (Nicotine’s Orchestra, Pista) e irá para a estrada a partir de Abril, com o objectivo de fazer a festa nos palcos de todo o país.

O disco “Português Suave” sai a 13 de Abril e o concerto de apresentação será no dia 27 de Abril, no Musicbox, em Lisboa.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This