Suspicious @ Lounge

Mulheres ao poder.

Já o disse por aqui uma vez e volto a repetir: existem poucas mulheres no rock, mas quando as há não é para brincadeiras. E as Suspicious – a portuguesa Suspiria Franklyn e a belga Caroline Werbrouck – são a prova cabal de que isso é verdade.

A formação das Suspicious não podia ser mais simples: duas mulheres, descontroladas por sinal, duas guitarras e uma caixa de ritmos. As próprias definem-se como um duo de electro-punk-wave, com claro enfâse no segundo: as guitarras ora dialogam entre si, através de riffs pilhados ao espólio punk de bandas como os New York Dolls, ora são rock marcial a lembrar uns The Kills possuídos. E quando as guitarras são pousadas, ouve-se electro-punk, que faz recordar Peaches.

Suspiria Franklyn é uma autêntica força da natureza, cujo habitat natural é o palco. De guitarra em riste, ora provocadora ora sensual, qual PJ Harvey a necessitar de um exorcismo, destila rock n’ roll pelo microfone de forma desvairada e incontrolada; a outra metade da banda, Caroline Werbrouck, é o complemento perfeito para aquela perfomance arrasadora. E como é tudo apenas rock n’ roll, não é de estranhar que as duas possam andar às cavalitas dos espectadores, a passear por cima do balcão, a posar para as máquinas fotográficas ou a transformarem-se em “pega-monstros” nos janelões do bar.

O concerto das Suspicious é uma experiência única que, ao fim da segunda música já deixou de ser só música e passa para um nível seguinte de galvanização. Por vezes, há canções que perdem um pouco de personalidade, mas logo a seguir entra uma batida viciante, um riff cortante ou um refrão orelhudo, que fazem logo esquecer tudo isso. Perto do fim, Caroline Werbrouck adverte “if you don’t dance now I’m gonna kick your ass”; como se fosse preciso, todo o concerto fora totalmente inimigo da letargia.

No final, apenas um rasto de destruição no palco: cacos estilhaçados, microfones caídos e cabos emaranhados. E muita adrenalina no corpo, capaz de durar até à manhã seguinte…



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This