rdb_artigo_swear

Swear

S***R. For sneaker freaks.

A S***R (SWEAR) nasceu em Londres no ano 2000, de uma parceria entre os portugueses José Neves e Jorge Sampaio (e não, não é o nosso ex-presidente). Passado um ano, abriu a sua primeira loja em Carnaby street, que desde logo atraiu a atenção de várias personalidades do mundo da moda e da música.

Os seus sapatos são autênticos clássicos, ficam bem com qualquer estilo, desde o punk a estilos mais convencionais. Sapatos S***R já foi encontrados nos pés de Matthew Williamson (designer de moda), Thom York dos Radiohead, Skin, Orlando Bloom e várias bandas dos Kings of Leon aos Muse, passando por Nouvelle Vague, Liars e The Horrors.

Capaz de levar qualquer “sneaker freak” à loucura, o look S***R é despretensioso mas marca tendências, particularmente a sua famosa linha DEAN (sapato de bico com sola de borracha gravada com a conhecida imagem de James Dean em “Rebel without a Cause”)  que é a sua imagem de marca. Poucos conseguiram conjugar tão bem uma sola desportiva com tantos tipos de sapatos. De facto, a S***R orgulha-se de ser a primeira marca a apostar neste género híbrido. Recentemente transportou este conceito para uma instalação numa das suas lojas, tendo convidado três artistas: Dan Dodds, Christopher J. King e Matthew Taylor; que criaram os primeiros ténis Frankstein.

Teamwork

A S***R reinventa-se em cada estação com novas tendências, associando-se por vezes a outras marcas. Para além da parceria de longa data com a Fred Perry, entrou em colaborações mais recentes com as marcas Hummel e D.I.E, assim como com o artista de graffiti Best One.

Na sua mais recente colecção, a S***R e a Fred Perry apresentam duas gamas em pele: Leather Low e Leather High. Com silhuetas esguias, ambas as linhas primam pela simplicidade em tons de branco e de branco/vermelho.

Com a marca dinamarquesa Hummel, a S***R apresenta várias linhas de ténis high-top e low-top num estilo casual mas com um “twist”! As cores são vibrantes, centradas nas misturas de preto e branco com roxo, verde e amarelo, sendo também usados apontamentos de verniz e metal.

A D.I.E. (Denim is Everything) e a S***R são parceiros de longa data. Desta vez inspiraram-se nos universos da banda-desenhada, filmes, música e skateboarding para apresentar uma colecção que assenta nas formas simples de camisolas, jeans e t-shirts da D.I.E., e que combinam perfeitamente com o segmento mais “clean” dos ténis da S***R.

O graffiter Best One trouxe as suas influências da cena musical e artística do final dos anos 70 às ruas dos nossos dias, numa colecção de ténis unisexo inspirada no underground de Nova Iorque, que mistura os estilos punk, b-boy e skater.

Let’s put on our dancing shoes

Utilizando como inspiração novos talentos da cena musical indie, como Vincent Vincent and the Villains, Twisted Charm, e Stricken City, a S***R lançou recentemente a linha “Greatest Hits I” de ténis e botas. Um desafio a uma romagem às pistas de dança.

Quero uns!

De um look mais selvagem a um estilo mais clássico, as opiniões dos críticos são unânimes: “… nas ruas de Londres, Paris e Tóquio é evidente que a escolha de calçado da nova geração de trend-setters masculinos é a colecção urbana S***R…”  (Meghan Cleary, JC Report). Infelizmente a representação da S***R no mercado português é mínima, existindo uma única agência da marca no Porto que opera há apenas 2 épocas.

No mercado internacional, contudo, o panorama é diferente, existindo distribuição em todos os mercados-chave da moda, e mais próximo de nós em Espanha, França, Itália e Reino Unido. Para quem não tem oportunidade de fazer umas férias “fashion victim”, existe sempre a hipótese de comprar online.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This