Team Foxcatcher

Team Foxcatcher – NETFLIX

Um documentário imperdível.

Depois de em 2014 a história ter sido adaptada por Bennett Miller em “Foxcatcher”, com Steve Carell a interpretar John du Pont e Mark Rufallo como Dave Schultz, a Netflix decidiu contar a mesma história mas recorrendo a testemunhos e imagens de vídeo inéditas. “Team Foxcatcher” é mais um documentário de qualidade, realizado por Jon Greenhalgh.

Estreado no Tribeca Film Festival antes de passar pelo Netflix, este filme descreve o singular percurso e relação de John du Pont com os atletas que promovia na sua quinta. Uma história que nos mostra como a crescente paranóia de uma homem o pode levar a assassinar um amigo: a estrela de wrestling Dave Schultz. Em “Team Foxcatcher”, observamos que de uma relação de amizade, se desenvolveu uma série de inseguranças e paranóia, culminando na morte do wrestler numa bizarra espera para prender du Pont.

John du Pont era um membro da proeminente família du Pont, de origem Francesa, milionários e vistos como a realeza de Newtown Square, Pennsylvania. Formado e com um grande interesse em ciências e deporto, era conhecido como ornitólogo, filatelista e filantropo.

Depois da morte da mãe, em 1988, du Pont apostou no wrestling e reuniu na sua quinta as condições necessárias e precisas para um centro nacional de treino, o Fotcatcher National Training Center. Embora já conhecido pelas suas excentricidades, foi a partir desta situação que o seu comportamento começou a alterar-se.

Este documentário vive de narrativa na primeira pessoa, da mulher de Schultz, dos atletas e amigos, de alguns home movies da família do wrestler bem como entrevistas realizadas a ambos, Shultz e du Pont, à época. Com os testemunhos de alguns dos atletas de topo da Foxcatcher, descobrimos a cronologia de eventos e o declínio de du Pont que todos esperavam, mas nunca desta maneira.

Ao longo de 1 hora e 31 minutos acompanhamos o desejo de du Pont de ser aceite pela elite de atletas que criou, ser visto como um deles. Embora atlético, du Pont não era brilhante em nenhum dos desportos. De ver fantasmas nas paredes da sua casa, a filmar a floresta durante horas ou mesmo achar que estava a ser vigiado, tudo era objecto de paranóia e com o crescente interesse por armas, algo iria correr mal.

A 26 de Janeiro de 1996 tudo muda, John du Pont dirige-se a casa de Dave Schultz e assassina o wrestler. Dave Schultz tinha 36 anos e preparava-se para participar nas Olimpíadas de Atltanta, faltavam apenas seis meses. Foi graças a ele que existiu uma Team Foxcatcher, uma equipa de elite que era uma família – e isso podemos constatar pelos vídeos mostrados ao longo do documentário

Mais um documentário imperdível da Netflix.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This