44197025_10155991079759423_4605968918740205568_n

“Teatro”

"Foi bem"

É precisamente com esta descrição que o ator Rui Mendes, que dentro e fora da sua personagem avalia os enredos, as energias dos atores com que partilha a sala, num ensaio muito próprio, muito humano, que nos mostra o jogo vivo da representação.

Como refere o autor e encenador Pascal Rambert adora atores que partilham as suas vidas, transformam-nas em palco, por isso dedica-lhes as suas peças, escreve para eles, sendo a base de todo o seu processo criativo.

Tenho estes corpos, estas energias, não tenho plano, deixo-me levar.

Numa peça que começa e termina na boca de cena, a mise-en-scène, com gerações diferentes, que refletem a família do teatro.

O que me interessa é o amor entre os seres.

É trabalhar com alguém durante 30 anos e fazer um bolo para agradecer.

Nesta mistura de ingredientes, o público apaga as velas, pede desejos e sai do teatro a olhar não só a sua, mas mais, muitas mais existências que de repente são tão universais.

44236265_10155991079739423_5528216869569298432_n

Provem o bolo hoje pelas 21 horas, no sábado pelas 19 horas ou então no domingo pelas 16 horas no Teatro Nacional de São João!

 

Ficha Artística

Texto, encenação e espaço cénico: Pascal Rambert
Apoio ao elenco infantil: Sandra Pereira
Tradução e apoio à dramaturgia: Joana Frazão
Assessoria artística: Pauline Roussille
Interpretação: Beatriz Batarda, Cirila Bossuet, João Grosso, Lúcia Maria, Rui Mendes
Elenco infantil: Maria Abreu, Matilde Simão
Figuração: Francisco Moiteiro, Sérgio Sá Cunha
Produção: Teatro Nacional D. Maria II
Apoio: Institut Français à Paris, Institut Français du Portugal, Embaixada de França em Portugal

Fotos: Filipe Ferreira

 

 

 

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This