“The Monkey” – Fotografia de Tânia Araújo

“The Monkey”

Com encenação de John Mowat e interpretação de Maria de Vasconcelos, The Monkey estreou no dia 7 de Junho e vai estar em cena durante este mês no espaço Hangar, em Campolide.

“Escolhi o caminho da Humanidade. Eu não tive outra saída, partindo do pressuposto de que a Liberdade não estava destinada a ser uma escolha.”

Este espectáculo a duas mãos e apenas um corpo, que na verdade se transforma de forma extraordinária em vários corpos ao longo da cena, é baseado num texto de Kafka “Um discurso para uma Academia”, o universo kafkiano de metamorfose e metáfora está presente em cada camada deste espectáculo. E ele tem muitas.

Maria de Vasconcelos, especializada em teatro físico e teatro do gesto, é exímia no corpo de uma macaca que já quase é apenas humana e no corpo de uma humana ainda presa a alguns sentimentos de símio que diz já ter esquecido.

John Mowat, internacionalmente reconhecido pelo seu estilo de comédia altamente visual, encontra aqui uma actriz capaz de uma metamorfose quase completa, o que lhe permite mostrar-nos muito bem um pouco do que é Kafka, numa encenação que recai quase exclusivamente sobre o trabalho de actor e a utilização simples e inteligente dos poucos objectos de cena.

O texto, que não é um texto dramático, faz-nos pensar, com aparente simplicidade, na ideia de liberdade, de fuga, de possibilidade de escolha entre a fusão com o meio que nos rodeia e o mantermo-nos fieis a nós próprios. Afinal, onde está a saída?

É um espectáculo que poderá passar despercebido entre os grandes circuitos de divulgação, mas é sem dúvida um riquíssimo momento de teatro que se aconselha a não perder.

 

 

Fotografia: Tânia Araújo



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This