The Monochrome Set

The Monochrome Set – Novo disco “Maisieworld” e caixa

Os The Monochrome Set, a banda "pós punk" londrina dos finais dos anos 70 e liderada por Ganesh Seshadri, apresentou a 9 de Fevereiro o seu novo registo de originais, intitulado “MAISIEWORLD” e caixa "1979-1985: Complete Recordings".

Desde o início, a banda ganhou uma sólida reputação pela sua pop fina, ganhando elogios de Morrissey ou Edwyn Collins. Nos últimos anos, esse elogio continuou com artistas como Franz Ferdinand, The Divine Comedy ou Graham Coxon. O som dos The Monochrome Set continua “intemporal” e são uma das bandas britânicas mais influentes dos últimos 40 anos.

Neste novo trabalho, destaca-se a sucessão de músicas de natureza volátil, caprichosa e instável. Para isso, a banda recorre-se do uso de saxofones, trombones e trombetas explorando a essência que sempre os caracterizou.

Maisieworld_Cover_2400px_preview

A primeira aposta do álbum intitula-se «I feel fine (really)» , uma música que parece piscar o olho à Primavera e a dias leves.

Todo o álbum merece uma primeira audição cuidadosa, onde se destacam temas como «Don´t wear that Look», «Mrs Robot», «Silence is Rusty» ou o muito divertido «Maisieworld ” que dá nome ao álbum.

Ao fim da primeira audição de “Maisieworld”, será difícil não ficar surpreendido com os pensamentos não normativos que nos habitam.

Para alem deste levíssimo novo trabalho, a banda lançou, no mesmo dia a caixa “1979 – 1985: Complete Recordings”. É o registo perfeito de uma criação frenética de uma banda subestimada da história do pop britânico, que emergiu no final da era punk com uma vertente mais arty (o seu nome aludia às pinturas monocromáticas de Yves Klein e alguns dos títulos das suas músicas como «Alphaville » e «Eine Symphonie des Grauens» sugeriam uma ligação a grandes obras primas de Jean-Luc Godard e F. W. Murnau). Nesta caixa, percorremos uma série de singles lançadas em 1979 pela Rough Trade, seguidos pelos trabalhos subsequentes  “Strange Boutique” (1980) e “Love Zombies” (1980). Em 1982 mudaram para a Cherryl Red Records onde lançaram “Eligible Bachelors” (1982) e “The Lost Weekend” (1985).

TR370_TMS_Box_preview

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This