The Sims 4 Get Together

The Sims 4 Get Together | Análise

Junta-te ao clube!

No ano passado, quando por aqui analisámos The Sims 4, considerámos este quarto lançamento da série como “um passo à frente e dois atrás”. Felizmente, a EA Maxis esteve atenta ao que os fãs de The Sims têm vindo a dizer por essa internet fora e, com o uso das expansões, tem tornado The Sims 4 num título bem mais interessante. Depois da expansão Get to Work, no segundo pack de expansão de The Sims 4, criar Clubes e Grupos para os teus Sims se divertirem é a grande novidade. É certo que com Urbz, Night Life ou até Late Night já haviam existido algumas experiências semelhantes àquilo que a EA pretende trazer para The Sims 4, mas Get Together introduz a verdadeira experiência de interação e controlo de Sims em grupo a esta série.

Quando ligamos The Sims 4, logo após a instalação da nova expansão, podemos explorar as novas inclusões de Get Together. Seja num novo jogo ou através de um save criado anteriormente, podemos logo fazer com que os nossos Sims entrem num dos clubes pré-feitos. Para o fazermos, teremos que ver, dos clubes disponíveis, qual é aquele que mais se enquadra naquelas que queremos que sejam as actividades dos nossos Sims. Isto porque, em clubes pré-feitos, já existe um líder de clube.

No entanto, se preferirmos personalizar um clube ao nosso estilo, porque os clubes existentes na cidade não são os que idealizámos para os nossos Sims, podemos sempre criar o nosso próprio clube. Aqui, num sistema de personalização simples mas bastante avançado ao mesmo tempo, podemos escolher todas as características dos Sims que podem aderir (idade, estado civil, carreiras, etc.), aquilo que o teu clube pode e não pode fazer e, a partir daí, definir os privilégios do nosso clube. Isto porque os clubes possuem privilégios (Club perks) que podem ser essenciais para a evolução dos teus Sims e que podem ser comprados com pontos do clube. Estes pontos são ganhos quando fazemos parte das suas actividades. Um clube de cozinha, por exemplo, beneficiará das actividades que envolvam o cozinhar ou o simples acto de comer.

The Sims 4 Get Together

Para explorar, temos uma nova cidade com linhas muito europeias – Windenburg – repleta de casas clássicas e outras que se mostram mais modernas. Não faltarão novos sítios para visitar, como ruínas, locais junto à praia, piscinas naturais e discotecas, cafés e bares onde podes treinar as tuas novas capacidades de Djing e Dança. Todos eles locais ideais para as actividades de grupo que Get Together tão bem introduz em The Sims 4. Para os jogadores europeus de The Sims 4, Winderburg será, mais do que provavelmente, o seu mundo preferido para instalarem os seus Sims. O novo pack de construção que acompanha a expansão é também muito bom, onde podemos, por exemplo, comprar uma discoteca já feita, com mesa de DJ, luzes e pista de dança e incluí-la no nosso quintal ou até mesmo dentro de casa.

Como o próprio nome da expansão indica, as actividades de grupo em Get Together são mais fáceis de concretizar do que nunca (opções para interagir com o grupo de pessoas que está presente no lote) – sem dúvida, a melhor novidade desta expansão que altera a forma como jogamos The Sims 4. Agora, facilmente podes colocar toda a gente a dançar ou a beber um copo no bar. Para a criação dos nossos Sims surgem também novas características – Dance Machine (máquina de dança) e Insider (o informado). Com a característica Dance Machine os nossos Sims serão isso mesmo, umas máquinas de dançar, e aumentarão o nível de felicidade enquanto dançam. Os Sims Insider adoram estar no clube rodeados de amigos e ficam tristes e aborrecidos quando não estão a conviver. Nas aspirações possíveis para os nossos Sims surge a novidade Leader of the Pack, onde terão como objectivo ser líder do clube mais popular da cidade.

The Sims 4 Get Together

 

Um problema habitual das expansões de The Sims é que, quando queremos desfrutar ao máximo das novas oportunidades que a expansão nos oferece, somos obrigados a negligenciar os outros aspectos da vida dos nossos Sims, como por exemplo as suas carreiras. Ganhar dinheiro para sustentar os nossos Sims torna-se complicado e exige altas capacidades por parte do jogador para fazer a gestão do tempo. Por exemplo, quando os nossos Sims estão inspirados, vão para o trabalho e se se aborrecem porque não estão a fazer as suas actividades de grupo, perdem a inspiração. Logo, acabam por progredir na carreira mais lentamente porque não alcançam os níveis desejáveis para a promoção à velocidade que deveriam. O “truque” que usámos foi progredir ao máximo na carreira, ignorando a expansão, até chegar ao patamar máximo em que já ganhamos muito dinheiro e temos mais dias de folga. Só aí, já com a economia da casa dos nossos Sims garantida, podemos explorar ao máximo e confortavelmente o conteúdo novo desta expansão. Combinar os dois estilos de vida poderá ser problemático. Algo que também poderá passar pelo cuidado que temos de ter quando planeamos as características “simológicas”, combinando características que se complementem e que são coerentes com o estilo de vida que queremos que os nossos Sims levem. No entanto, perceber isso só é possível após muitas horas de experiência com The Sims 4.

Get Together proporciona uma experiência de grupo que até agora não era possível na série The Sims. Se não és um individualista quando jogas The Sims 4 e adoras viver todas as experiências do jogo rodeado dos teus amigos Sims, Get Together é a expansão ideal para ti.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This