Three and a Quarter

Já com oito anos de carreira, a internacional banda lisboeta é uma grande sugestão para combater este calor.

Imaginem uma daquelas noites de verão em que a temperatura é propícia para dar um saltinho a um qualquer bar na praia e beber um copo com os amigos. Imaginem uma banda no palco a tocar uma mistura explosiva de ska, reggae e punk, com uma pitada de hardcore. Estão a visualizar a situação?

Formados em 1996, os Three and a Quarter enquadram-se na perfeição no ambiente descrito e são sem sombra de dúvida uma grande sugestão para estes dias solarengos.

A banda é lisboeta porque foi formada na capital por um espanhol que tem cá residência ao qual se juntaram um americano e um inglês. Rapidamente conseguiram alguma exposição com concertos em festivais e ganharam em 98 alguns prémios com as suas primeiras músicas. Foi durante esse ano que foram capa do Blitz e editaram no Verão (porque será?) o EP “Quality Times” através de edição de autor.

Depois de se terem separado para dar continuidade à sua vida académica, acabam por fazer uma breve pausa nos seus estudos para gravarem o álbum de estreia. “Chubby Dubby” tem nomes de peso na sua ficha técnica como por exemplo a produção de Jason Corsaro (Madonna, Soundgarden e Moby) e a masterização de Howie Weinberg (Nirvana, Beastie Boys, U2) assim como a secção de sopros do New-York Ska-Jazz Esemble.

Depois de terem feito uma digressão por todo o território Norte-Americano durante o ano de 2002, regressam a Portugal com as licenciaturas na mala e com o intuito de lançar “Chubby Dubby” no mercado nacional, tendo igualmente sido escolhidos para bandas sonoras de filmes, nacionais e internacionais, de surf, snowboard e bodyboard.

Depois de dezenas de concertos e de algum airplay em algumas rádios, os Three and a Quarter estão de regresso à estrada, sempre com um humor aguçado e uma alegria contangiante que não deixa ninguém indiferente. “Favorite Song” e “Junk” tornaram-se verdadeiros hinos para um Verão que promete ser escaldante, mas não são as únicas músicas da banda que, se neste álbum mostra muita ambição, de certeza que no próximo irá concretizá-la, aproveitando um nicho de mercado muito pouco aproveitado pelas bandas nacionais.

Os Three and a Quarter são uma das mais estimulantes bandas nacionais, que vai com certeza ter um grande futuro à sua frente. Não os percam durantes este mês de Julho, eles andam por aí …

26 de Junho – Alenquer (Rock House Café)
23 de Julho – Cavaleiro (Progresso Musical)
24 de Julho – Loulé (Satori)



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This