“Um nome para o Cão” | Ivan Chermayeff

“Um nome para o Cão” | Ivan Chermayeff

Conversas de crianças

Ouvidas de soslaio, as conversas das crianças são verdadeiramente fascinantes. Feitas do melhor que tem a inocência, aliadas à simplicidade das ideias e dos argumentos, num tempo em que as coisas são, unicamente, como são, sem subterfúgios. Momentos assim, das crianças e entre crianças, são ainda um mote inspirador para compor um livro tal qual como as suas protagonistas: simples e desconcertante.

Um nome para o Cão” (Bruaá, 2013) é um desenrolar de uma conversa entre um rapaz e uma rapariga que, enquanto tentam dar o nome a um animal de estimação que poderão vir a ter, desatam os nós de conversas ao acaso. Como o casamento que sonham, para o qual ela até já tem um vestido e ele um casaco azul que, segundo a noiva, devia ser preto.

As crianças acordam e desacordam entre nomes mais e menos alegres, entre nomes de sítios e de cores, entre nomes curtos e compridos, entre nomes simples e complicados, entre nomes para cães grandes e nomes para cães corajosos. A escolha é quase um pretexto para um jogo de palavras e de teimas, entre os dois, num despique divertido, enrolado, ondulante, fragmentado e desarrumado, como se ouvíssemos à distância, escondidos mesmo ali, atrás da porta.

Assim imaginamos o autor e ilustrador, Ivan Chermayeff, a escutar a conversa do seu filho – na altura com três anos de idade – com um amigo, momento esse que deu origem a este livro. Um retrato de uma conversa que espelha diálogos que todos identificamos, nas crianças que conhecemos: determinadas e destemidas, certas do mundo que conhecem e daquilo que querem, nem que seja escolher o melhor de todos os nomes para o seu cão. Ou será um gato?

O nome de Ivan Chermayeff chega assim às livrarias portuguesas através da Bruaá, mas a sua obra está bem visível em Lisboa desde a Expo98, num enorme painel de azulejos repleto de animais marinhos do Oceanário da capital. Reputado designer gráfico e autor de logotipos mundialmente conhecidos, Ivan Chermayeff ilustra também vários autores infantis conhecidos mas tem, neste pequeno livro, a sua obra mais pessoal.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This