nina-corcoran-big-ears-wolf-eyes-portrait-02-1

Vem aí o terramoto dos Wolf Eyes

Fazendo uma pesquisa no Google por “Trip Metal” é muito provável que nos apareça várias vezes pela frente o nome Wolf Eyes. O trio americano vindo da cidade de Ann Arbour no Michigan, que já nos trouxe os Stooges, criadores de caos e desorganização em música já viram muitas vidas diferentes e continuam a recriá-las e a mostrá-las ao mundo.

Durante os seus já mais de 20 anos de vida, os Wolf Eyes já passaram por muitas mudanças. Duas alterações significativas na formação da banda, um leque bem gordo de editoras ou mesmo um desvio para um novo género que a banda orgulhosamente descreve como o tal “Trip Metal”, são obstáculos que levariam muitas bandas a desistir. Mas uma coisa é certa: Nate Young e quem quer que o estivesse a acompanhar na altura nunca deixou de lançar álbuns. E nunca foram poucos.

Muitos dos numerosos discos da banda vieram por necessidade. A vida na estrada não lhes dava grandes retornos e lançavam discos muitas vezes adaptados ao local onde iam tocar e conseguirem vender para comer e chegar até à cidade onde seria o concerto seguinte. Hoje em dia já não é tanto assim e estar mais de 1 ano a preparar o lançamento de um disco tem sido parte da nova vida dos Wolf Eyes. Depois do lançamento em 2015 de I Am a Problem: Mind in Pieces, a banda anunciou recentemente a criação da sua própria editora, a Lower Floor Music, e, como não poderia deixar de ser, o lançamento de mais um álbum. Undertow, o n-ésimo disco da banda, vai sair no dia 24 de Março. E uma semana depois vão mostrá-lo na ZDB. E vai ser bem barulhento.

Fiquem com um bocadinho do caos que está aí a chegar:

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This